Recreio
Zoo / Animais

Animais supercoloridos: Conheça algumas espécies que possuem cores bem diferentes

Camuflagem, reprodução, caça... Por motivos variados, muitos bichos têm cores bem variadas

Renato Lamanna Publicado em 01/12/2021, às 15h20 - Atualizado às 15h22

Lagarto agama em seu habitat natural - Wikimedia Commons
Lagarto agama em seu habitat natural - Wikimedia Commons

Mudança radical

Durante o dia, o lagarto agama desfila as incríveis cores que formam seu corpo sem se preocupar, pela Tanzânia e pelo Quênia, onde ele mora na África – rosa e azul ou azul e laranja, conforme a espécie (muita gente diz que ele lembra o Homem-Aranha). Mas tudo muda à noite, quando o réptil pode ficar marrom para evitar o ataque de predadores!

Disfarce até no nome!

dragão marinho
Dragão-marinho-folhado / Crédito: Wikimedia Commons

Apesar do nome, o dragão marinho não é um dragão de verdade: ele pertence à família dos cavalos-marinhos. Esses animais chegam a 45 centímetros de comprimento e possuem prolongamentos no corpo (parecidos com algas), que são usados na camuflagem, evitando predadores, como peixes e caranguejos. As cores variam conforme o ambiente em que o animal vive: vermelho, roxo, verde, amarelo e azul.

Vem da comida

arara
Arara azul / Crédito: Pixabay

As araras, aves tipicamente brasileiras, estão entre as mais coloridas da natureza! Todas as espécies possuem penas de tons chamativos, como azul, verde, amarelo e vermelho. Algumas das cores, como o vermelho e o amarelo, surgem por causa de pigmentos presentes nos vegetais que as araras comem.

Hora do namoro!

pato
Pato mandarim / Crédito: Pixabay

O pato mandarim é conhecido pelas cores diversas: tem peito e testa em tom roxo esverdeado, penas laranjas logo atrás do bico e das asas, e olhos com contorno branco. Mas só o macho é assim. Tudo para atrair as fêmeas (marrons com partes brancas).

Misturada à água

glaucus
Glaucus atlanticus / Crédito: Wikimedia Commons

A lesma-do-mar Glaucus atlanticus é encontrada flutuando em todos os oceanos da área tropical do planeta. A cor azul-prateada, com listras escuras nas costas, serve para que o animal não seja notado quando visto de cima para baixo – ele se confunde com o azul da água do mar. Mas não para por aí! O visual diferente continua: os seis membros dessa lesma-do-mar têm prolongamentos com veneno!

Olhe para mim!

Ela é uma das menores espécies de aranha do mundo: tem, em média, 4 milímetros de comprimento. Estamos falando da aranha-pavão! Para atrair a fêmea na época do acasalamento, os machos fazem um ritual muito parecido com uma dança, levantando as patas traseiras e abrindo uma aba colorida logo acima da cabeça, como se fosse um pavão. Impossível não olhar para eles!

Vai encarar?

Este é um dos bichos com visual mais incrível dos oceanos: camarão-louva-deus-palhaço. As cores diferentes ajudam na hora da caça: ele fica só com a cabeça colorida à mostra, no meio de corais que se misturam aos tons do bicho. E sabia que esse camarão tem o soco mais forte do reino animal? Chega a 80 quilômetros por hora e é capaz de quebrar a carapaça de um caranguejo!