Recreio
Zoo / Animais

Peixes abissais: As criaturas que vivem no fundo do mar

Peixes que vivem em regiões muito profundas dos oceanos e lagos são chamados de abissais. Saiba mais sobre eles

Christiane Oliveira Publicado em 21/05/2020, às 14h00 - Atualizado às 18h40

Reprodução
Reprodução

Em geologia, a palavra abissal quer dizer região de grandes profundidades dos oceanos e lagos – localizada mais ou menos abaixo de 2 mil metros de profundidade. É exatamente nessa zona que os peixes abissais vivem. Por lá não existem algas. Por isso, a maioria das espécies é carnívora e possui dentes grandes e assustadores.

A luz do sol não chega nessas regiões profundas, onde a temperatura fica entre 0 e 4 graus Celsius. Por isso, algumas espécies produzem luz no próprio no corpo – isso chama-se bioluminescência – e a usam para atrair parceiros de namoro ou presas. A luz bem de pequenos órgãos chamados fotóforos (o fenômeno é parecido com o dos vagalumes).

Conheça algumas espécies de peixes abissais!

Kryptophanaron

Essa espécie vive na região do Caribe, a uma profundidade de até 200 metros. Ela produz uma luz que sai por uma cavidade nos olhos!

Symbolophorus barnardi

O peixe-lanterna recebeu esse nome porque consegue produzir luz em órgãos localizados na cabeça, nas laterais do corpo e no rabo. Ele vive em águas salgadas, a até 1500 metros de profundidade, em todo o hemisfério sul.

Melanocetus johnsonii

Você com certeza já viu essa espécie! É o peixe-pescador-de-mar-profundo, o mesmo mostrado na animação Procurando Nemo. A lanterninha que ele tem é um prolongamento da espinha dorsal e serve parar atrair presas – daí o nome do bicho. Ele pode ser encontrado em todos os oceanos, a pronfudidades de 1500 metros.

Anoplogaster cornuta

A cerca de 5.300 metros de profundidade vive o peixe-ogro. Nessa região é muito difícil encontrar comida, por isso, o animal acaba se alimentando de restos de animais mortos que caem de profundidades menores e tudo mais o que aparecer. Ele tem os dentes tão grandes que nem consegue fechar totalmente a boca. Assim, suga os restos e não deixa passar nada.

Grammatostomias flagellibarba

Conhecido como peixe-dragão-de-mar-profundo, tem um barbilhão: filamento que sai do canto da boca de algumas espécies de peixes. A ponta emite uma luz, usada para atrais presas. Essa espécie vive no Atlântico Norte, a 1500 metros de profundidade.


+Saiba mais sobre o Reino Animal por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

O incrível livro de postais para colorir: 28 postais para enviar ou colecionar, de Vários Autores (2015) - https://amzn.to/3ccF0A2

Floresta encantada, de Johanna Basford (2015) - https://amzn.to/2SGaeHY

Nosso planeta: o único lar que temos, de Matt Whyman (2020) - https://amzn.to/2SJexlY

Mundo Animal, de Geneviève Warnau (2019) - https://amzn.to/3dm4Otv

Anatomia dos Animais Domésticos: Texto e Atlas Colorido, de Horst Erich König e Hans-Georg Liebich (2016) - https://amzn.to/3doRTaw

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Recreio pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/3doipA

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2WBSheM