Recreio
Escola / Reciclagem

Dicas para reciclar sem errar

Entenda como você ajuda o planeta com a reciclagem

Maria Carolina Cristianini Publicado em 02/05/2022, às 12h09

Imagem ilustrativa de uma boneca reciclada - Pixabay
Imagem ilustrativa de uma boneca reciclada - Pixabay

Todo mundo fala sobre poluição, mas você sabe o que você tem a ver com isso? Para ter uma ideia, tente juntar o lixo que produz num dia. Se ele for queimado ou enterrado, vai acabar poluindo o planeta. Para diminuir o problema, a ordem é reciclar tudo o que for possível.

Superdica!

Pense nos três R: reduzir, reutilizar e reciclar. Ou seja, compre só o que precisa, tente reaproveitar os objetos e, quando tiver de jogar coisas fora, veja o que pode ser reciclado.

Fique atento

Para se fazer reciclagem é preciso separar o que vai ser reaproveitado de certas substâncias, como gorduras ou tintas. Mas nem sempre isso é possível, como no caso de esponjas de limpeza, embalagens metalizadas de salgadinhos e guardanapos sujos. Por isso, essas coisas nunca devem ser colocadas junto com o lixo reciclável.

Casos especiais

Sabe por que pilhas e baterias não podem ser jogadas no lixo comum ou no lixo para reciclagem? É que elas têm substâncias tóxicas que podem contaminar o solo e a água. Existem postos especializados em receber pilhas e baterias e manda-las de volta ao fabricante, onde serão reaproveitadas de um jeito seguro.

Leve sua sacolinha!

Muitos mercados e lojas vendem sacolas de pano para que as pessoas usem menos saquinhos plásticos, que poluem o ambiente. Na próxima vez que for com seus pais às compras, sugira que comprem ou levem a sacola de casa e explique que, assim, ajudarão a natureza a se livrar de tanto lixo.

Mais limpinho

Para fazer papel, além de derrubar árvores, são usadas substâncias químicas que poluem os rios. Na reciclagem, a poluição é menor e as árvores não são derrubadas. Só que uma folha de papel não pode ser reciclada para sempre. Por isso, é importante usar todas as folhas dos dois lados.

Pense antes de usar

Sabe de onde vem o metal usado para fabricar objetos? Se pensou nas rochas, está certo. Os metais vêm das rochas e elas não reaparecem na natureza. Por isso, não se deve desperdiçar esse material e é muito importante reciclar latinhas e outros objetos.

E agora?

Sabe aqueles blocos e flocos de isopor usados em embalagens para proteger objetos frágeis? Eles podem ser reciclados. É só coloca-los junto com peças de plástico e eles serão reaproveitados, por exemplo, para a fabricação de molduras para quadros ou de outros objetos.

Sujeira que vai longe!

Veja quanto tempo alguns materiais demoram para se decompor na natureza

  • Papel: de 3 a 6 meses
  • Tecido: de 6 meses a 1 ano
  • Chiclete: 5 anos
  • Metal: mais de 100 anos
  • Plástico: mais de 100 anos
  • Vidro: 1 milhão de anos

Você sabia?

1. Só no Brasil são produzidos, todos os dias, 230 mil toneladas de lixo.

2. A madeira dos lápis leva 13 anos para se decompor no meio do lixo. Por isso, pense bem antes de apontar o lápis sem necessidade.

3. Objetos feitos de vidro podem ser reciclados para sempre.

4. No estado de São Paulo, há uma lei que obriga os condomínios com mais de 50 apartamentos ou casas a ter coleta seletiva de lixo.

5. Um litro de óleo de cozinha jogado pelo ralo da pia contamina 20 mil litros de água. O óleo pode ser reaproveitado para fazer sabão. Basta leva-lo a postos de coleta.