Recreio
Facebook RecreioTwitter RecreioInstagram Recreio
Escola / Curiosidades

Por que hoje se comemora o Dia do Índio?

Descubra quando foi o surgimento dessa data tão importante

Daniela Bazi Publicado em 19/04/2020, às 00h00 - Atualizado às 11h00

Índios da etnia Bororo-Boe - Wikimedia Commons
Índios da etnia Bororo-Boe - Wikimedia Commons

Neste dia, no ano de 1940, diversos representantes de etnias dos países do continente Americano se reuniram para o Primeiro Congresso Indigenista Interamericano, com o intuito de discutir a situação dos povos nativos indígenas nas Américas após anos das colonizações. 

O Congresso foi responsável por tomar algumas importantes medidas em defesa aos povos indígenas da América, como o respeito aos valores de sua identidade histórica e cultural com o intuito de melhorar o lado econômico, respeito à igualdade de direito e oportunidade destinada a esses povos, e a inclusão do indigenismo como uma política de Estado.

Devido ao grande interesse ao ramo da antropologia que estuda as culturas primitivas — chamada de etnologia — surgiu o reconhecimento de que os hábitos e costumes desses povos deveriam ser guardados. No entanto, mesmo reconhecendo a importância dessa cultura, ainda existem poucos registros históricos sobre os primeiros habitantes do Brasil. Os estudiosos afirmam que, na época em que os portugueses chegaram por aqui, os povos indígenas já habitavam as terras brasileiras há mais de 10 mil anos.

Dessa forma, o dia em que se comemora o Dia do Índio foi criado como forma de preservação e homenagem a estes nativos. A data foi estabelecida durante o Primeiro Congresso Indigenista Interamericano, e entrou para o calendário comemorativo do Brasil apenas no ano de 1943, sendo instituída pelo então presidente Getúlio Vargas, durante o período conhecido como Estado Novo.

O general Marechal Rondon foi o responsável por convencer Vargas a adotar a data. Randon possuía origens indígenas e, no ano de 1910, foi o responsável por criar o Serviço de Proteção ao Índio, projeto que, em 1967, se tornaria a Funai (Fundação Nacional do Índio), órgão oficial do Estado brasileiro responsável por coordenar e executar as políticas indigenistas do Governo Federal, com o intuito de proteger e promover todos os direitos dos povos indígenas do Brasil.