6 mitos contados sobre a História do Brasil

O Brasil foi descoberto sem querer? Dom João VInão era esperto? Saiba a verdade por trás dessas teorias!

Maria Carolina Cristianini Publicado sexta 6 agosto, 2021

O Brasil foi descoberto sem querer? Dom João VInão era esperto? Saiba a verdade por trás dessas teorias!
Obra "Desembarque de Cabral em Porto Seguro", de Oscar Pereira da Silva, 1904 - Wikimedia Commons

1. Mito: O Brasil foi descoberto por acidente, enquanto Pedro Álvares Cabral tentava achar um novo caminho para as Índias
Verdade: Os portugueses sabiam que havia terras para explorar no Ocidente e tinham até mapas que indicavam isso. Assim, em 22 de abril de 1500, Pedro Álvares Cabral não foi surpreendido por um erro de rota. Pesquisadores estudam até a hipótese de que o português Duarte Pacheco tenha chegado ao Brasil em 1498.

2. Mito: A luta da Inconfidência Mineira era somente pela independência do Brasil
Verdade: A revolta de 1789, que fez de Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes, um herói, era principalmente contra os altos impostos cobrados pela Coroa portuguesa. A ideia era proclamar uma república independente e sem escravos, mas em Minas Gerais, e fugir desses encargos. O golpe foi descoberto antes de acontecer e os líderes acabaram presos. Só Tiradentes, que não tinha posses, acabou morto.

3. Mito: Dom João VI, rei de Portugal, não era nem um pouco esperto
Verdade: Dá para dizer que ele era um tanto indeciso, mas tomou uma atitude inteligente ao deixar o território português e se mudar com a família real para o Brasil, em 1808. Portugal estava ameaçado pelas tropas do imperador francês Napoleão Bonaparte, que pedia submissão. Vindo para a colônia, dom João VI saiu da mira de Napoleão. Por aqui, ajudou no desenvolvimento do Rio de Janeiro – na época, capital brasileira.

4. Mito: A feijoada foi criada nas senzalas, pelos escravos
Verdade: Esse prato tem origem na Europa – nem índios nem negros tinham o hábito de misturar feijão e carnes. Desde a Antiguidade, alguns povos europeus faziam cozidos com carnes e legumes. Depois, cada região modificou o hábito de formas diferentes. O prato francês cassoulet, por exemplo, do século 14, é bem parecido com a feijoada: leva feijão branco e carnes. Na América, os europeus conheceram o feijão preto e criaram a versão chamada de feijoada.

5. Mito: Os colonizadores portugueses não deixaram nada de bom no Brasil – apenas levaram nossas riquezas
Verdade: O território brasileiro foi uma colônia de Portugal entre 1500 e 1822. Nesse período, o pau-brasil, o ouro e o território (com as plantações de cana-de-açúcar no nordeste, por exemplo), foram explorados. Mas isso não deixou só consequências ruins. Junto com os engenhos de cana existiam plantações e criações de animais, que ajudaram a impulsionar o desenvolvimento do país. O ouro também criou um comércio importante entre as cidades.

6. Mito: Ao proclamar a Independência do Brasil, dom Pedro I estava montado num lindo cavalo e acompanhado de uma enorme comitiva
Verdade: Montado em uma mula (animal muito usado para viagens longas), o futuro imperador viajava, entre Santos e São Paulo, junto com poucas pessoas. E ainda estava passando mal por causa de uma diarreia! Mas ele realmente proclamou a Independência em 7 de setembro de 1822.

 

Consultoria: Amarilio Ferreira Junior (professor do Departamento de Educação daUFSCar)l, Cesar A. B. Guazzelli (professor do Departamento de História da UFRGS), Claudio U. Carlan (professor-adjunto de História Antiga da Unifal/MG), Gilvan Ventura (professor de História Antiga da UFES), Ivan E. Rocha (coordenador do Núcleo de Estudos Antigos e Medievais da UNESP), Luiz H. Torres (doutor em história e professor da FURG) e Renata L. B. Venturini (doutora em História Social pela USP).

Último acesso: 04 Dec 2021 - 22:58:53 (1093287).