Recreio
Viva a História / Personagens

10 curiosidades sobre Dom Pedro II, o último imperador brasileiro

Governando por quase 50 anos, o monarca foi responsável por uma vida cheia de fatos instigantes. Confira!

André Nogueira e Letícia Yazbek Publicado em 29/01/2021, às 10h00 - Atualizado às 16h32

Pintura de Dom Pedro II, o último Imperador do Brasil - Wikimedia Commons
Pintura de Dom Pedro II, o último Imperador do Brasil - Wikimedia Commons

Dom Pedro II de Bragança e Bourbon foi o último imperador brasileiro. Ele governou o país de 1840 a 1889, e seu reinado foi marcado pela expansão diplomática brasileira no mundo, pela fundamentação de instituições de governo e pela expansão territorial através de tratados e guerras. Conheça 10 fatos sobre ele.

1. Dom Pedro II foi o primeiro e o último imperador nascido no Brasil: nasceu às 2h30 do dia 2 de dezembro de 1825, no Palácio da Quinta da Boa Vista, no Rio de Janeiro. Em seu primeiro dia de vida, media 58 centímetros.

2. Seu nome completo era Pedro de Alcântara João Carlos Leopoldo Salvador Bibiano Francisco Xavier de Paula Miguel Gabriel Rafael Gonzaga. Um pouco menor que o nome do seu pai, Alcântara Francisco António João Carlos Xavier de Paula Miguel Rafael Joaquim José Gonzaga Pascoal Cipriano Serafim de Bragança e Bourbon.

3. Com apenas um ano, se tornou órfão de mãe, passando a ser cuidado pela ama suíça Marianna Carlota de Verna Magalhães (chamada de Dadama pelo príncipe), que foi sua ama de leite.

4. Em 2 de agosto de 1826, após a morte dos irmãos mais velhos, foi reconhecido como herdeiro da coroa do império brasileiro. Por isso, quando dom Pedro I abdicou do trono e voltou para Portugal, em 7 de abril de 1831, deixou o filho, com apenas 5 anos, como regente. José Bonifácio foi nomeado tutor do garoto – tornou-se responsável pela educação de dom Pedro II.

5. A incapacidade de dom Pedro II de governar, por causa da pouca idade, levou à formação da Regência Trina Provisória: três políticos ficaram responsáveis por governar o país. Isso durou 2 meses, quando foi eleito um novo grupo de políticos, criando a Regência Trina Permanente, que governou entre 1831 e 1835. Depois, surgiu a Regência Una de Feijó (1835 a 1837) e a Regência Una de Araújo Lima (no poder até 1840).

6. Enquanto o Brasil era governado pelas regências, dom Pedro II estudava e se preparava para assumir o poder. Ele aprendeu francês, inglês, geografia, literatura, ciências naturais, pintura, dança, música e equitação. Tinha pouco contato com outras crianças e passava a maior parte do tempo lendo.

7. Em 1840, o Brasil enfrentava diversos conflitos políticos. Os principais partidos queriam que dom Pedro II assumisse o poder antes de completar 18 anos. Por causa disso, aos 14 anos, em 1841, ele foi declarado maior de idade. No ano seguinte, foi coroado oficialmente e se tornou o segundo imperador do Brasil.

8. Nos primeiros anos como imperador, dom Pedro II tentou acalmar a situação do país, que enfrentava vários conflitos. A Revolta dos Liberais, de 1842, em Minas Gerais e São Paulo, foi marcada pela disputa entre os partidos Liberal e Conservador. Já a Revolução Farroupilha, de 1835 a 1845, no Rio Grande do Sul, lutava contra o governo imperial e por maior autonomia das províncias.

9. Como o monarca precisava se casar logo, foi encontrada uma princesa de Nápoles, Teresa Cristina, por quem Pedro ficou apaixonado, antes mesmo de conhecê-la. Os dois casaram-se por procuração e Teresa embarcou num navio para o Brasil, que chegou em 1843. Eles tiveram quatro filhos: Afonso, Isabel, Leopoldina e Pedro.

10. Na década de 1850, a economia brasileira era estável, baseada na produção do café. A indústria se desenvolvia, com a construção de ferrovias, linhas telegráficas e navios a vapor. O período em que dom Pedro II foi imperador ainda viu o fim da escravidão, em 1888 . Ele ficou no poder até 15 de novembro de 1889, quando o marechal Deodoro da Fonseca proclamou a República.


+Saiba mais sobre a História por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

O livro da história, de Vários autores (2017) - https://amzn.to/2A6nAaa

Sapiens - Uma Breve História da Humanidade, de Yuval Noah Harari (2015) - https://amzn.to/2Wbw5JF

Box Heródoto: História, de Heródoto (2019) - https://amzn.to/2YDVnBK

As Cruzadas: Uma História, de Jonathan Riley-smith (2019) - https://amzn.to/3bf9HTH

Notre-Dame: A história de uma catedral, de Ken Follett (2020) - https://amzn.to/3dohpMQ

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Recreio pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/3doipA

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2WBSheM