Recreio
Mapa-Múndi / Países

Vizinhos do Brasil: Conheça mais sobre a Colômbia

Saiba mais sobre o país faz fronteira com o Amazonas e possui a segunda maior população da América do Sul

Letícia Yazbek Publicado em 13/08/2021, às 13h00 - Atualizado às 16h03

Bandeira da Colômbia - Pixabay
Bandeira da Colômbia - Pixabay

Antes da chegada dos espanhóis, a região onde hoje fica a Colômbia era habitada pelos índios caraíbas, chibchas, muiscas e quimbayas. Em 1499, Alonso de Ojeda e João da Cosa chegaram às terras. A primeira cidade da Colômbia, Santa Marta, foi fundada em 1525.

Em 1717, a região passou a ser chamada de Nova Granada – ela também reunia os territórios dos atuais Panamá, Equador e Venezuela. O político Simon Bolívar proclamou a independência de Nova Granada em 1810. Em 1819, foi criada a República da Colômbia e a primeira constituição do país. Colômbia significa Terra de Cristóvão Colombo, o descobridor da América.

De tudo um pouco

A Colômbia tem a segunda maior população da América do Sul. Ela é formada a partir da mistura entre índios, africanos, caribenhos e europeus, principalmente espanhóis. A miscigenação resultou em uma grande variedade de costumes, festas, danças, artesanatos e tradições. A literatura, a arte e o cinema colombianos também foram influenciados por diferentes culturas. O escritor Gabriel Garcia Márquez e o pintor Fernando Botero são alguns dos grandes nomes da arte colombiana.

Vários idiomas

O espanhol ou castelhano é o idioma oficial da Colômbia. Ele apresenta variações de acordo com cada região, como as áreas de montanhas e as de planícies. Também existem no país cerca de 80 idiomas indígenas, como o quíchua e o chibcha. Juntas, eles têm mais de 500.000 falantes. Há ainda dialetos africanos e o catalão, falado por imigrantes espanhóis.

Que fome!

O ajiaco, uma sopa feita de batatas e galinha, é um dos pratos mais conhecidos da Colômbia. Outros pratos típicos são a lechona, carne suína recheada com arroz, cebola e temperos, e a bandeja paisa, feita de arroz, feijão, abacate, linguiça, tomate e ovos. Na região andina do país, há uma grande variedade de vegetais, como repolho, pepino e alcachofra. Também há o costume de consumir frutas, de acordo com cada região, como mamomcillo, tamarindo e pitaya.

Tempo agradável

O clima na Colômbia é equatorial, com temperaturas constantes em grande parte do ano. O verão costuma ser quente e seco e o inverno, frio e chuvoso. Na capital Bogotá, a temperatura sofre pouca variação – de dia chega a 24 graus Celsius e de noite a 15 graus Celsius. As cidades litorâneas, como Cartagena e Santa Marta, têm chuvas mais concentradas e temperaturas mais altas. Nas regiões de alta altitude, o clima é mais frio, com fortes ventos.

Cheia de opções

A Colômbia apresenta várias opções turísticas, entre parques, teatros, monumentos históricos, museus, galerias de arte, belezas naturais e construções históricas. A capital Bogotá é rica em cultura, gastronomia e música, e conta com bairros coloniais muito charmosos, como o La Candelaria. Algumas atrações imperdíveis são o Museu do Ouro, Museu Arqueológico, Instituto de Ciências Naturais, Museu Botero, Museu de Arte Colonial e Parque Metropolitano Simon Bolívar.

Cidade cercada

Cartagena é um dos principais destinos turísticos na Colômbia. A parte mais conhecida é a cidade amuralhada, área cercada por 13 quilômetros de muralhas. Elas foram construídas no século 16 para evitar ataques piratas. Cartagena abriga diversas ruínas, igrejas, praças, construções bem preservadas e casas coloridas.

Quem visitar a cidade pode conhecer o Museu de Arte Moderna de Cartagena e o Museu Naval do Caribe. Outra dica é fazer passeios de barco e visitar a Playa Blanca, que têm águas transparentes e areia branca.

Feita de sal

A Catedral de Sal também é uma grande atração da Colômbia. Ela está localizada na cidade de Zipaquirá, a 48 quilômetros da capital Bogotá e a 180 metros debaixo da terra. A catedral foi construída na maior reserva salina do mundo, formada há milhões de anos, quando havia um mar que ocupava toda a região. Além da catedral, o Parque do Sal abriga um museu, um auditório e uma praça central.