Pterossauro: o poderoso dos mares

Saiba mais sobre esse grande animal que pode ter vivido por todo o Nordeste brasileiro

Letícia Yazbek Publicado sexta 1 outubro, 2021

Saiba mais sobre esse grande animal que pode ter vivido por todo o Nordeste brasileiro
Representação de um Pterossauro - Pixabay

Onde viveu: os restos foram encontrados na Chapada do Araripe (entre Ceará, Piauí e Pernambuco). Pode ter vivido por todo o Nordeste brasileiro e chegado até o noroeste do continente africano.

Quando viveu: durante alguns milhões de anos no período Cretáceo, entre 110 milhões e 120 milhões de anos atrás.

Significado do nome: Thalassodromeus quer dizer corredor dos mares. Sethi foi dado em homenagem ao deus egípcio Set.

Altura: cerca de 1,5 metro.

Peso: aproximadamente 10 quilos.

Envergadura (distância entre as pontas das asas abertas): 4,5 metros, em média.

Características: tinha bico longo e sem dentes, além de uma longa crista óssea projetada para trás do crânio.

Alimentação: peixes e crustáceos que coletava nas águas rasas do lago onde pescava.

Predadores: grandes dinossauros espinossaurídeos e crocodilos.

Forma de defesa: principalmente o voo para fugir dos predadores.

Hábitos: caçava sozinho, especialmente durante o nascer e o pôr do sol. Formava grupos com outros pterossauros da espécie apenas na época do acasalamento.

Reprodução: colocava os ovos em ninhos que construía, provavelmente, no alto de penhascos.

Último acesso: 03 Dec 2021 - 04:38:26 (1103215).