Recreio
Natureza / Fenômenos

Como se forma um oásis no deserto?

Entenda como surgem essas regiões com lagos e plantas no meio de tanta areia

Débora Zanelato Publicado em 28/05/2020, às 13h00 - Atualizado às 18h54

Getty Images
Getty Images

A cena até parece uma praia artificial: água clara, altas árvores e areia. Mas, na verdade, são oásis, regiões no meio do deserto ondeo lençol freático é mais rasoe a vegetação é possível.Veja como tudo isso acontece!

Comerciantes e povos nômades da África que precisam cruzar o deserto já criam um roteiro em que os oásis estarão no caminho. Afinal, é o momento de poder descansar debaixo de uma sombra fresca. Sem eles, a viagem poderia ser impossível.

O oásis surge quando, em uma determinada região do deserto, o lençol freático está mais próximo à superfície. Um dos principais motivos para a água aparecer é o desgaste do solo causado pelo vento. As fortes ventanias podem mover até 260 milhões de toneladas de areia por ano. A região fica rasa e aí a água vinda dos lençóis aparece.

Em alguns locais do deserto, governos locais perfuram poços bem profundos para encontrar água e, assim, forçar o surgimento desse tipo de sistema.

Nem toda água dos lagos dos oásis são potáveis. Dependendo da composiçãodo solo, são salgadas e, se forem ricas em potássio, por exemplo, podem funcionar como laxante.

A tamareira, conhecida como a palmeira do oásis, é muito resistente ao calor e cresce rápido mesmo sob o sol escaldante. As raízes são poderosas, capazes de sugar a água de depósitos subterrâneos.