Recreio
Mapa-Múndi / Países

9 lugares famosos da ficção que existem na vida real

Conheça alguns lugares incríveis de contos e filmes famosos que não existem apenas na ficção

Bruna Cardoso Publicado em 09/04/2021, às 13h00 - Atualizado às 15h30

Expresso Hogwarts, da saga Harry Potter - Divulgação/Warner Bros. Pictures
Expresso Hogwarts, da saga Harry Potter - Divulgação/Warner Bros. Pictures

1. Direto da mata

Os camponeses que viviam perto da Floresta Negra, no estado de Baden-Wurttemberg (Alemanha), foram os primeiros a falar sobre duendes, bruxos e monstros, porque as árvores imensas e escuras do local assombravam a todos. Foi por causa dessas lendas que surgiram Chapeuzinho Vermelho, Branca de Neve, João e Maria e outras histórias clássicas. Foi só uma questão de tempo para os irmãos Grimm reunirem tudo em contos publicados em 1812.

2. Hospedagem do medo

Na ficção, o Castelo de Bran ou Castelo do Drácula, único na Transilvânia (Romênia) já recebeu muitos vampiros desde o século 15. Por exemplo: os monstros do Hotel Transilvânia ou Drácula, personagem criado pelo irlandês Bram Stoker. O fato é que o castelo existe e pode ser visitado por turistas. Mas talvez você não encontre vampiros por lá!

3. Embarque mágico

Todos os alunos que vão de Londres (capital da Inglaterra) para a escola de Hogwarts precisam ir até a plataforma 9 3/4 na estação de King’s Cross. A plataforma não existe, mas a estação é real! Em 1990, a autora da série, J.K. Rowling, teve a ideia de escrever sobre o menino bruxo quando o trem em que ela estava quebrou na estação e ficou horas parado.

4. A casa da realeza

O Castelo de Tintagel, no condado da Cornualha (Inglaterra), do século 5, está em ruínas. Mas as pedras desgastadas guardam as histórias e mitos sobre o rei Arthur e os Cavaleiros da Távola Redonda. O castelo seria o local onde o rei teria nascido.

5. Diversão que virou sucesso

A britânica Mary Shelley escreveu a história do doutor Frankenstein, um cientista que dá vida a um monstro num laboratório da cidade de Ingolstadt (Alemanha). A criatura acaba fugindo para o Lago de Genebra (Suíça), local em que metade da história se passa. A autora teve a ideia para Frankenstein quando estava de férias à beira do lago. Ela inventou tudo para divertir amigos em uma noite de tempestade.

6. Lugar encantado

A cidade de Bergen (Noruega) serviu de inspiração para criar o fantástico do filme Frozen: Uma Aventura Congelante. Mesmo sem os castelos de gelo e os seres da animação, os vilarejos, florestas e casinhas de Bergen ajudaram a criar a paisagem vista nos cinemas.

7. Endereço diferente

A Rua P. Sherman, 42, Wallaby Way não existe. No entanto, o Porto de Sydney (Austrália), onde os peixes Marlin e Dory, depois de muita confusão e aventuras, chegam para encontrar Nemo, é de verdade. E ainda é considerado um dos portos naturais mais bonitos do mundo!