Recreio
Games / Games

Mais de 1 milhão de contas são banidas do Free Fire em apenas duas semanas pela utilização de hacks

Os números oficiais foram divulgados pela Garena

Redação Publicado em 13/04/2021, às 17h03 - Atualizado às 17h05

Imagem promocional de Free Fire - Divulgação/Garena
Imagem promocional de Free Fire - Divulgação/Garena

Segundo informações divulgadas pela Garena, entre as semanas dos dias 21 de março e 3 de abril, a empresa baniu de forma definitiva cerca de 1,3 milhão de jogadores do Free Fire pela utilização ilegal de hacks, scripts e outros aplicativos para ganhar vantagem dentro das partidas do Battle Royale.

É importante lembrar que a utilização dessas tecnologias é estritamente proibida dentro dos jogos competitivos e, com o banimento permanente, se torna impossível a recuperação da conta.

Desde o ano passado, a empresa anunciou que tem aumentado seu esforço para impedir que trapaças continuem acontecendo, criando sistemas específicos anti-hack e fazendo vista grossa com todos aqueles que insistem em ir contra as regras impostas pelo game. Além disso, a Garena também incentiva que os próprios jogadores denunciem as infrações de outros players através dos canais oficiais.