Recreio
Pets / Gatos

Por que os gatos sempre caem em pé?

Verdadeiros acrobatas, eles são ágeis e flexíveis, e quase sempre conseguem cair sobre as quatro patas

Letícia Yazbek Publicado em 18/03/2020, às 16h00

Pixabay
Pixabay

Se você já observou um gato pulando e caindo de algum lugar, deve ter percebido que ele quase sempre consegue cair de pé. Isso acontece porque os reflexos dos gatos são muito ligeiros, bem mais do que os dos seres humanos.

Os gatos contam com uma espécie de radar, que os permite saber onde está o chão. É o sistema vestibular, um conjunto de órgãos do ouvido interno que cuida do equilíbrio. Assim, o senso de equilíbrio dos bichanos é bastante apurado.

Durante a queda, os olhos e ouvidos dos gatos enviam uma mensagem ao cérebro sobre a posição da cabeça em relação ao solo. O cérebro responde com comandos para os músculos, que corrigem a postura e alinham o corpo do animal.

Para  isso, os gatos precisam ser muito velozes e flexíveis. Eles se movimentam rapidamente, girando o corpo e se preparando para a hora do impacto. Com o corpo na posição certa, são capazes de sair caminhando tranquilamente após uma grande queda.

No entanto, não é correto afirmar que os gatos sempre caem em pé. Na verdade, eles precisam estar a uma altura acima de 30 centímetros para conseguir cair sobre as quatro patas. A altura é fundamental para que eles tenham tempo de virar o corpo. Às vezes, o cérebro pode se confundir, e o gato se machuca na queda!