Recreio
Entretenimento / Esportes

7 fatos sobre o futvôlei, o esporte criado nas praias do Rio de Janeiro

Saiba mais sobre esse esporte que surgiu no Brasil e já se espalhou pelo mundo

Redação Publicado em 20/11/2020, às 14h30 - Atualizado às 16h18

Partida de futvôlei - Pixabay
Partida de futvôlei - Pixabay

1. Mistura divertida

A modalidade surgiu em Copacabana, no Rio de Janeiro, em 1962: o arquiteto Otávio Moraes jogava futebol de areia com amigos e todos começaram a tocar a bola por cima das traves. O jogo foi parar nas áreas de vôlei da praia e virou o futevôlei.

2. Regras básicas

É proibido usar as mãos e os braços – apenas pés, ombros, cabeça e peito encostam na bola. A partida é disputada em melhor de três sets, com 18 pontos cada um.

3. Chame os amigos

O esporte costuma ser praticado em duplas, mas é possível formar quartetos. Existem modalidades masculinas, femininas e até mistas.

4. Pelo mundo

O futevôlei está crescendo: existem federações em muitos países, como Brasil, Argentina, Portugal, Inglaterra, França e Austrália. A Federação Internacional de Futevôlei e a Federação Europeia de Futevôlei comandam o esporte.

5. Ao ataque!

As principais jogadas ofensivas são: shark attack, quando o jogador ataca a bola com força usando a sola do pé; e bicicleta, igual ao movimento do futebol.

6. Liberado!

Recomendado para qualquer idade, o futevôlei fortalece músculos como os das pernas e o do abdômen.

7. Proteção especial

Apesar de ter o mesmo tamanho, a bola é um pouco diferente da usada no futebol. Tem cobertura de borracha à prova d’água e é um pouco mais leve.