Conheça 7 flores bem diferentes

Você está acostumado a ver rosas, margaridas, lírios... Mas sabia que existem flores bem diferentes? Olhe só!

Lucas Vasconcellos Publicado sexta 17 setembro, 2021

Você está acostumado a ver rosas, margaridas, lírios... Mas sabia que existem flores bem diferentes? Olhe só!
Flor-monstro - Wikimedia Commons

Flor-monstro

Originária de Bornéu e Sumatra, na Ásia, ela tem cerca de 1 metro de diâmetro e até 11 quilos, é a maior flor do mundo. Não possui caule, folhas nem raiz. Por isso, sobrevive sugando nutrientes das raízes de uma árvore chamada Tetrastigna. O nome monstro está relacionado ao cheiro dela: quem já sentiu, diz que é parecido com o de carne podre. O odor atrai moscas, insetos responsáveis pela polinização.

Flor-cadáver

Em Sumatra também existe a flor-cadáver, uma grande e complexa estrutura com muitas flores pequenas conectadas ao mesmo eixo. Ela tem até três metros de comprimento e pesa até 70 quilos. O cheiro forte dá sensação de náusea - por isso o nome - e atrai diversos tipos de insetos. Embora a planta possa viver até 40 anos, só floresce duas ou três vezes ao longo da vida.

Espírito-santo

Presente na América Latina, ela foi escolhida como a flor nacional do Panamá. No centro das pétalas brancas, parece existir uma pomba da paz. È por isso que essa éspécie de orquídea é chamada popularmente de espírito-santo.

Hydnora africana

Originária da África do Sul, ela é uma flor, embora não pareça. Ela começa a se desenvolver embaixo da terra e vai se elevando do solo ao longo do tempo. O cheiro dela é bem ruim – semelhante ao de cocô. Tanto que um dos insetos que a poliniza é o besouro rola-bosta. Essa flor prende os insetos entre as sépalas (folhas na base das pétalas). Depois de alguns dias, quando já terminou de ser polinizada, a flor abre-se e os insetos são liberados.

Garça-branca

Encontrada da China, Rússia e Japão, ela é da família das orquídeas. Suas pétalas fazem parecer que ela está prestes a voar - daí o nome de garça-branca. A degradação da região em que vive está fazendo com que seja quase extinta.

Flores-de-cera

Presente na Austrália e China, ela até parece feita de plástico! É a flor de uma planta trepadeira com folhas espessas, bastante usada na decoração de ambientes internos.

Gramas-de-algodão

Presente em todo o Hemisfério Norte, inclusive no Ártico. Apesar de muitas flores não resistirem a ambientes frios e com vento forte, as gramas-de-algodão não se importam com isso. Desde que não haja neve, elas recobrem campos, que ficam brancos!

 

Consultoria: Antonio Salatino (professor do Departamento de Botânica do Instituto de Biociências da USP) e (Massanori Takaki, professor titular da UNESP).

Último acesso: 04 Dec 2021 - 23:57:19 (1095087).