Recreio
Busca
Facebook RecreioTwitter RecreioInstagram Recreio
Entretenimento / O Menino e a Garça

Quando o “O Menino e a Garça”, vencedor do Globo de Ouro, estreia no Brasil?

Do diretor Hayao Miyazaki, “O Menino e a Garça”, venceu a categoria 'Melhor Filme de Animação' no Globo de Ouro, realizado no último domingo, 07

Izabela Queiroz Publicado em 08/01/2024, às 13h40 - Atualizado em 11/01/2024, às 15h44

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Cena de "O Menino e a Garça" - Reprodução/ Studio Ghibli
Cena de "O Menino e a Garça" - Reprodução/ Studio Ghibli

A 81ª edição da premiação Globo de Ouro, realizada no último domingo, 7, foi responsável por premiar a mais recente animação do Studio Ghibli dirigida por Hayao Miyazaki, “O Menino e a Garça”, que venceu a categoria de Melhor Filme de Animação.

Antes de ser indicada e ganhar a estatueta dourada, a animação foi vista pelos fãs japoneses em julho de 2023, quando o título chegou aos cinemas do Japão. Enquanto isso, o dia 8 de dezembro foi responsável por colocar o título em cartaz nos cinemas nos Estados Unidos e no Canadá.

Dessa forma, surge a questão: quando o “O Menino e a Garça”, estreia no Brasil? Aqui, a espera será um pouco maior. A Sato Company, responsável pela distribuição do título em terras brasileiras, revelou em declaração a CNN que a estreia nacional da produção está marcada para 22 de fevereiro deste ano! 

Vale lembrar que a informação foi confirmada nesta quinta-feira, 11. Antes disso, a previsão dada pela empresa era de que o filme entrasse em cartaz em março deste ano, dessa forma, houve uma antecipação da estreia — e os fãs de Miyazaki agradecem!

Mais sobre “O Menino e a Garça”

Enquanto todo o território brasileiro aguarda para ver o filme nas telonas, é possível entender um pouco mais sobre a animação. Isso porque, a trama — que teve o desenvolvimento iniciado em 2016 e chegou aos cinemas cerca de 7 anos após ser anunciada pelo Studio Ghibli —, acompanha o jovem Mahito Maki que, após perder a mãe durante a Segunda Guerra Mundial, acaba se mudando para uma nova cidade, onde ele, enquanto enfrenta a dolorosa tragédia familiar, viverá uma aventura fantástica guiada por uma misteriosa garça-cinzenta.

A produção era uma das mais aguardadas pelos fãs das obras de Hayao Miyazaki (conhecido por criar histórias como “A Viagem de Chihiro” e “Meu Amigo Totoro”), visto que o cineasta desistiu de sua aposentadoria anunciada ao público na época para escrever e comandar “O Menino e a Garça”. 

Além disso, é válido ressaltar que no Globo de Ouro deste ano, o filme superou o favorito da noite na categoria 'Melhor Filme de Animação': “Homem-Aranha: Através do Aranhaverso”, assim como “Suzume”, “Super Mario Bros.: O Filme”, “Elementos” e “Wish: O Poder dos Desejos”, que também concorriam ao prêmio, se tornando histórico, já que, se tornou pioneiro nos seguintes tópicos:

  • Primeiro Globo de Ouro de Hayao Miyazaki;
  • Primeiro Globo de Ouro para uma produção do Studio Ghibli;
  • Primeira animação japonesa a ganhar o Globo de Ouro; 
  • Primeiro longa animado que não foi feito na língua inglesa a receber a nomeação;
  • Primeiro longa animado que não foi feito na língua inglesa a conquistar a vitória na categoria ‘Melhor Filme de Animação’ no Globo de Ouro.

Tanto é que, dada a importância da vitória, na madrugada de hoje, 08, o produtor e co-fundador do Studio Ghibli, Toshio Suzuki, compartilhou uma declaração emocionante através do perfil oficial do estúdio no X (antigo Twitter), para celebrar o acontecimento.

No texto, ele disse: 

Estou muito feliz em saber que O Menino e a Garça recebeu um prêmio no histórico Globo de Ouro. Este é o primeiro Globo de Ouro concedido a um filme do Studio Ghibli e é uma sensação muito especial.

Desde o início deste ano, o Japão foi atingido por uma série de trágicos terremotos e acidentes. Quando ouço relatos de muitas pessoas que ainda aguardam resgate nas áreas do desastre, fico cheio de desespero. Em tal situação, espero que a boa notícia da conquista de um prêmio possa trazer um sorriso ao rosto de todos, mesmo que apenas um pouco. Juntamente com nossos parceiros de distribuição nos EUA, esperamos obter ainda mais sucesso com O Menino e a Garça. Muito obrigado ao Globo de Ouro por esta homenagem."

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!