Recreio
Facebook RecreioTwitter RecreioInstagram Recreio
Entretenimento / Personagem

Conheça a história de Valquíria, heroína de 'Thor: Amor e Trovão'

Presente no MCU há alguns anos, a guerreira tem origens ainda mais distantes; Descubra!

Redação Publicado em 07/07/2022, às 17h07

Valquíria, interpretada pela atriz Tessa Thompson - Divulgação/ Marvel Studios
Valquíria, interpretada pela atriz Tessa Thompson - Divulgação/ Marvel Studios

Com o surgimento de Asgard no Universo Cinematográfico Marvel, os seres e deuses nórdicos passaram a permear entre as histórias dos super-heróis, e é nesse contexto que surge Valquíria, uma das aliadas de Thor que marca sua primeira aparição em ‘Thor: Ragnarok’ (2017).

Ganhando ainda mais destaque em ‘Vingadores: Ultimato’ (2019), ao sobreviver ao clique de Thanos, a personagem voltará a aparecer batalhando ao lado do Deus do Trovão em 'Thor: Amor e Trovão', filme que entrou em cartaz nos cinemas brasileiros nesta quinta-feira, 7. Confira o trailer!

No entanto, a origem dessa incrível personagem tem datas ainda mais distantes, e caso você queira descobrir como ela foi criada, de onde ela veio e qual os seus poderes, basta continuar lendo!

Antes de começarmos, um esclarecimento

Apesar de parecer o nome de uma única personagem, Valquíria na verdade é um título, dessa forma, existem diversas Valquírias no universo Marvel, sendo necessário que o nome da figura presente no MCU fosse revelado para que fosse identificada, fato que ainda não aconteceu nas produções já lançadas. Sendo assim, esclarecemos os principais fatos que envolvem a origem dessas heroínas.

A criação

As Valquírias tem sua origem escrita com base na mitologia nórdica e surgiram pela primeira vez nas comics da Marvel, mais precisamente em ‘Journey Into Mystery #91’, publicada em fevereiro de 1963, ainda sem o título que as tornaria conhecidas.

O que elas são?

Escolhidas a dedo por Odin, Valquírias são guerreiras dignas, que agem como uma espécie de guia, levando as almas dos homens mortos em combate a Valhalla, o "paraíso" asgardiano, carregando assim, uma mensagem de esperança ao povo.

Quem elas são?

Jane Foster como Valquíria
Jane Foster como Valquiria na capa da HQ "Valquíria Jane Foster Volume 1" / Crédito: Divulgação/Marvel Comics

Sendo um grupo bem extenso, nos quadrinhos podemos destacar algumas dessas guerreiras, como Miragem, dos Novos Mutantes, que se tornou uma Valquíria após resgatar um cavalo alado em Asgard, e Jane Foster, que depois de sua última batalha como a Poderosa Thor, acabou assumindo o título de Valquíria quando recebeu o pedido do espírito de Brunnhilde.

Brunnhilde quem?

Brunnhilde
Brunnhilde / Crédito: Divulgação/Marvel Comics

Apesar de existirem diversas Valquírias retratadas nos quadrinhos, Brunnhilde é a mais popular entre as histórias, marcando presença pela primeira vez em ‘Defensores #4’, revista lançada em 1972, após ser criada por Sal Buscema e Steve Englehart.

Com origens na realeza, Brunnhilde era princesa de uma cidadela em Asgard, onde levava uma vida agradável e feliz com seu esposo, o guerreiro Sigmund. No entanto, a história da personagem ganha novos rumos quando,Sigmund acaba sendo fatalmente atingindo por uma flexa no coração durante um conflito, se sacrificando por ela.

Desolada pela perda de seu marido, Brunnhilde é encontrada por Odin, o Pai de Todos, que tenta convencê-la a deixar não só o local, mas também o corpo de seu marido. Após uma longa discussão, o poderoso Deus acaba impressionado por sua determinação e força em um momento de fragilidade e, como resultado, ele transforma Brunnhilde em uma Valquíria.

Algum tempo depois, Brunnhilde acaba se tornando líder desse grupo de deusas-guerreiras que procuravam por combatentes que mereciam descansar neste último bom lugar e, futuramente, uma heroína para o povo de Midgard — a Terra, depois de viver algumas aventuras com os humanos.

Os poderes

Como todos os asgardianos, Brunnhilde possui superforça, velocidade, agilidade, resistência, reflexos e longevidade sobre-humana, além do fator de cura, utilizado comumente em batalhas para sobreviver a golpes mortais.

Como se não fosse suficiente, ela ainda possui o mesmo dom das Valquírias: perceber a morte. Essa habilidade permite que ela sinta quando ela, ou outras pessoas, possam deixar de viver através de uma "aura" que se forma ao redor da possível vítima.

Por fim, viajar por teleporte, também faz parte da lista dos poderes de Brunnhilde e de todas as Valquírias, que usam vocação para ir rapidamente até os homens atingidos no campo de batalha.