Recreio
Busca
Facebook RecreioTwitter RecreioInstagram Recreio

Qual são as duas únicas princesas da Disney que tem uma profissão?

Descubra quais são as duas princesas da Disney que antes de aproveitar as regalias da realeza, realizaram trabalhos comuns!

Redação Publicado em 20/02/2024, às 11h11 - Atualizado às 11h28

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Cena do filme WiFi Ralph: Quebrando a Internet (2018) - Divulgação/Disney
Cena do filme WiFi Ralph: Quebrando a Internet (2018) - Divulgação/Disney

Consegue pensar em membros da realeza que já realizaram trabalhos comuns? Nas histórias das princesas da Disney isso se tornou possível, já que duas princesas já exerceram funções categorizadas como profissões fora do mundo dos contos de fadas.

Quem são elas?

Estamos falando da primeira princesa negra das animações da Casa do Mickey, Tiana, de ‘A Princesa e o Sapo’ (2009), e da princesa favorita de Walt Disney, Cinderela, do filme homônimo lançado em 1950.

Ainda assim, as atividades que elas exerciam eram bem diferentes. Apelidada de Gata Borralheira e descrita no começo do longa como uma criada, Cinderela era uma empregada doméstica, ainda que na animação ela não tivesse seus direitos trabalhistas garantidos e mais que isso, fosse maltratada por sua madrasta e meias-irmãs.

Cinderela
Cena de 'Cinderela' (1950). /Crédito: Reprodução/Disney

A princesa era a única responsável por limpar o castelo, higienizar e passar as roupas, preparar e servir as refeições, assim como cuidar de todos os afazeres do lugar. Ela começou a ser responsabilizada pelas funções no castelo após a morte de seu pai, ficando a mercê dos desejos e maldades daquela que deveria garantir seu bem-estar, sua madrasta.

Se tornando um clássico da Disney, a história adaptada da versão escrita pelo autor francês Charles Perrault e publicada por meio da obra "Contos da Mamãe Gansa", ganhou duas sequências intituladas “Cinderella II: Os sonhos se tornam realidade”, lançado em 2002, e “Cinderela: Reviravolta no Tempo”, que pôde ser assistido pela primeira vez em 2007, além de uma adaptação moderna em live-action estrelada por Lily James em 2015.

A aventura em carne e osso da princesa está disponível no Disney+ com a seguinte sinopse: “Apesar dos maus-tratos por parte da madrasta (Cate Blanchett) e das meias-irmãs, a corajosa Ella (Lily James) resolve tomar as rédeas do seu destino. Junte-se-lhe um baile real, uma Fada Madrinha (Helena Bonham Carter) e um sapato de cristal, e eis que a magia acontece”.

No caso de Tiana, ela é apresentada como garçonete na adaptação da trama infantil ‘The Frog Princess’, livro escrito por ED Baker que foi publicado em 2002 e que tem inspiração em uma obra ainda mais antiga, visto que a narrativa original surgiu em meados dos anos 1800 como um conto de fadas dos irmãos Grimm intitulado ‘The Frog Prince’.

Tiana
Tiana. /Crédito: Reprodução/Disney

No filme da Disney, a princesa, sonhava junto a seu pai em abrir o restaurante da família, mas assim como Cinderela, ele teve que se despedir de seu pai muito cedo.

Contudo, o desejo que eles compartilhavam sempre se manteve vivo na mente e coração de Tiana, fazendo com que ela se esforçasse todos os dias em uma lanchonete, empilhando pratos, xícaras e jarras para servir os clientes de onde trabalhava, a fim de que seu trabalho lhe desse os recursos necessários para tornar seu sonho realidade.

Tanto é, que Tiana fazia jornadas duplas de trabalho, já que era comum que a princesa dobrasse os turnos na tentativa de ganhar uma grana a mais e assim, conseguisse poupar ainda mais dinheiro para comprar o estabelecimento que tanto tinha planejado.