Recreio
Busca
Facebook RecreioTwitter RecreioInstagram Recreio
Entretenimento / Branca de Neve

Branca de Neve: Live-action faria Walt Disney se "revirar no túmulo”, revela filho do diretor original

Filho do diretor original de Branca de Neve afirmou que tanto o pai quanto Walt Disney discordariam de todas as mudanças anunciadas para o live-action

Redação Publicado em 21/08/2023, às 16h18

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Cena da animação 'Branca de Neve e os Sete Anões' (1937) - Reprodução/Disney
Cena da animação 'Branca de Neve e os Sete Anões' (1937) - Reprodução/Disney

O live-action de “Branca de Neve e os Sete Anões” só chega aos cinemas em março de 2024, mas já vem recebendo duras críticas por conta das alterações na trama que já foram anunciadas. E há quem diga que o próprio Walt Disney não estaria contente com essas mudanças.

O animador David Hale Hand, que é filho do diretor da animação “Branca de Neve e os Sete Anões”, afirmou em uma entrevista ao The Telegraph (via Cine Pop), que tanto seu pai quanto Walt Disney estariam “se revirando no túmulo” por conta das alterações no enredo na adaptação live-action da primeira princesa da Disney. Ele disse:

O novo filme da ‘Branca de Neve’ é um conceito totalmente diferente, e eu discordo totalmente dele, e sei que meu pai e Walt também discordariam. Não há respeito pelo que a Disney fez, pelo que meu pai fez... Acho que Walt e ele estariam se revirando e, seus túmulos.”

O animador ainda acrescentou:

É uma desgraça que a Disney esteja tentando fazer algo novo a partir de algo que foi um grande sucesso antes... Seus pensamentos são tão radicais agora. Eles mudam as histórias, mudam o processo de pensamento dos personagens. Eles estão inventando coisas novas e eu simplesmente não gosto de nada disso. Acho francamente um pouco ofensivo o que eles podem ter feito com alguns desses filmes clássicos.”

Para finalizar, Hand ainda “alfinetou” a casa do Mickey Mouse:

[A Disney] não deveria pegar um clássico e reescrevê-lo à sua própria imagem. Escolha fazer outra coisa... Crie novos personagens, mas não destrua ou tente destruir um clássico.”

Animação x Live-action

As mudanças do live-action de Branca de Neve que já foram anunciadas não foram bem recebidas pelo público. A principal delas, é a ausência dos setes anões na trama, que serão substituídos por criaturas mágicas. Essa decisão foi tomada após a Disney considerar o termo anão como algo pejorativo para as pessoas com nanismo.

Vale lembrar que o estúdio só tomou essa decisão após o ator com nanismo, Peter Dinklage (Game of Thrones), criticar o reforço do estereótipo do nanismo na produção, o que, segundo ele, seria como um retrocesso.

Outra polêmica por trás da nova produção, são os comentários feitos por Rachel Zegler. A atriz escolhida para dar vida a princesa, já se referiu a animação de 1937 como uma história antiquada, além de ser irrelevante atualmente. Ela também alegou que sua personagem não acredita mais no amor e que detestaria ser beijada enquanto dorme.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!