Recreio
Busca
Facebook RecreioTwitter RecreioInstagram Recreio
Entretenimento / G-Dragon

Após 17 anos, G-Dragon, do BIGBANG deixa a YG Entertainment

G-Dragon debutou como membro do BIGBANG em 2006 pela YG Entertainment, encerrando o contrato 17 anos depois de sua estreia

Redação Publicado em 20/12/2023, às 11h53 - Atualizado em 22/12/2023, às 11h00

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
G-Dragon, do BIGBANG no Paris Fashion Week - Haute Couture Spring Summer 2023 - Pascal Le Segretain/Getty Images
G-Dragon, do BIGBANG no Paris Fashion Week - Haute Couture Spring Summer 2023 - Pascal Le Segretain/Getty Images

G-Dragon, líder do BIGBANG, deixou oficialmente a YG Entertainment, empresa responsável por formar o icônico boygroup, após 17 anos. A informação foi confirmada pela agência no site oficial do grupo após especulações de que o idol poderia renovar o contrato de exclusividade (que expirou em junho deste ano) com a empresa.

A declaração tem a seguinte tradução:

Esta é a YG Entertainment.

G-Dragon foi um dos artistas representativos da nossa agência, e todo o tempo junto com ele desde sua estreia com o BIGBANG em 2006 foi uma honra.

Desejamos sinceramente sucesso a G-Dragon em seu novo começo.

Pedimos aos torcedores muita alegria e apoio.

Obrigado.

Vale lembrar que na época em que o contrato expirou, a YG Entertainment afirmou que estava negociando com G-Dragon a possibilidade de manter um contrato separado para publicidade e outras atividades. Sobre esse tópico, a empresa não compartilhou atualizações.

Além disso, há rumores de que G-Dragon pode ter firmado contrato com a Warner Music ou a Galaxy Corporation, mas nenhuma das informações foi confirmada pelo idol ou pelas empresas, ainda que a segunda empresa tenha afirmado após uma reportagem do canal notícias coreano Money Today divulgada em 5 de dezembro, que não era possível negar ou confirmar a informação.

No momento, não há nenhuma resposta oficial que possamos dar”, disse a Galaxy Corporation.

Ainda assim, a Galaxy Corporation será responsável por realizar uma coletiva de imprensa em 21 de dezembro abordando a acusação de abuso de drogas que G-Dragon foi alvo no começo de novembro desse ano e os lançamentos previstos para 2024. O idol não estará presente no evento, como noticiado pelo portal Soompi.

G-Dragon debutou como membro do BIGBANG em agosto de 2006 pela YG Entertainment com o lançamento da faixa “We Belong Together”. Atualmente, além de G-Dragon, o grupo é composto por T.O.P, Taeyang e Daesung. O mais recente comeback do grupo aconteceu em abril de 2022, com a faixa “Still Life”.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!