Recreio
Entretenimento / Séries

Rebelde: Confira 5 referências da série da Netflix à novela de 2004

Veja algumas ligações incríveis entre as duas gerações de Rebelde

Daniela Bazi Publicado em 15/01/2022, às 13h00

Rebelde, da Netflix, e a banda RBD - Divulgação/Netflix/Televisa
Rebelde, da Netflix, e a banda RBD - Divulgação/Netflix/Televisa

A nova versão de Rebelde estreou há pouco tempo na Netflix, mas já conseguiu conquistar o coração não apenas de novos fãs, mas também de muitas pessoas que acompanhavam a versão mexicana lançada em 2004, responsável por lançar a banda de sucesso mundial RBD.

Um dos grandes motivos para deixar muita gente apaixonada são as inúmeras referências à novela dos anos 2000 e ao próprio sexteto, que aparecem diversas vezes ao decorrer dos episódios e até interferem diretamente na história da nova série. Confira alguns!

1. Presença de atores da versão original

Rebelde da Netflix conta com a participação de dois rostos muito familiares dos fãs: Estefania Villarreal (Celina Ferrer) e Karla Cossío (Pilar Gandía). Na série, Celina agora assumiu o cargo de diretora do Elite Way School, enquanto Pilar aparece como mãe e assessora de Jana, uma das novas protagonistas.

2. Um novo Colucci

Logo no primeiro episódio, somos apresentados a Luka Colucci (Franco Masini), novo estudante do EWS que vive em problemas com seu pai, Marcelo. O jovem é primo da icônica Mia Colucci e, assim como ela, também carrega uma postura um pouco arrogante e de muita autoconfiança. O engraçado é que, durante o trote, Luka acaba sendo um dos escolhidos para performar com os uniformes do RBD, e fica responsável pelo pandeiro que Mia sempre usava nos shows.

3. Homenagem direta ao RBD

Antes do lançamento, muitos fãs imaginavam que seria pouco provável a série realizar uma homenagem ao RBD — mas todos estavam enganados. Na nova Elite Way School, existe uma vitrine especial dedicada exclusivamente ao RBD e todos os seus feitos impressionantes. Ali, além de todos os seis clássicos uniformes vermelhos estarem expostos, também podemos conferir discos de ouro, fotos, e o clássico chapéu rosa da Mia.

Vitrine com os uniformes do RBD em Rebelde / Crédito: Divulgação/Netflix

4. A volta da Seita

Todos os acontecimentos da primeira temporada giram em torno das consequências geradas através do trote realizado no primeiro episódio com os novos alunos por um grupo de alunos que, futuramente, descobrimos se tratar da Seita. Essa organização secreta já existia na novela de 2004, e tinha como objetivo expulsar todos os bolsistas de Elite Way. Agora, o conjunto busca eliminar todos os alunos que não se encaixam nos padrões impostos por eles mesmos, como serem de famílias renomadas e ter dinheiro.

5. Covers do RBD

Depois de tanta referência, algo que não poderia faltar em Rebelde são os covers de algumas clássicas músicas do RBD. Entre as músicas apresentadas pelo novo elenco, temos “Rebelde”, “Sálvame”, Sólo Quédate en Silencio”, “Tras de Mi” e “Nuestro Amor”.