Recreio
Busca
Facebook RecreioTwitter RecreioInstagram Recreio
Entretenimento / Mickey Mouse

Mickey Mouse deveria ter outro nome; descubra a história

Descubra qual nome foi pensado para dar título ao camundongo mais amado da Disney: Mickey Mouse

Izabela Queiroz Publicado em 22/02/2023, às 16h11

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Imagem de 'A Casa do Mickey Mouse' - Divulgação/Disney
Imagem de 'A Casa do Mickey Mouse' - Divulgação/Disney

Fazendo sua primeira aparição na década de 20, o ratinho animado que usa luvas brancas, um calção vermelho e sapatos amarelos conhecido como Mickey Mouse, reuniu ao longo dos anos vários filmes, histórias em quadrinhos, desenhos para a TV e diversos produtos licenciados, fazendo com que ele se tornasse um dos grandes ícones da Disney.

A popularidade do personagem é tão grande que suas orelhas redondas podem ser reconhecidas mesmo que por um vislumbre por qualquer um que acompanhe as narrativas do estúdio, e que seu nome nunca seja confundido, já que a estridente voz do ratinho se apresentando como Mickey Mouse é difícil de esquecer.

No entanto, o que alguns podem não saber, é que o camundongo mais amado de todos os tempos poderia fazer parte dos enredos produzidos pelo estúdio criado por Walt Disney, e do imaginário dos amantes das narrativas animadas de outra forma, visto que, originalmente, ele deveria ser chamado por um nome completamente diferente. 

Mudança de nome?

Surgindo nas telonas pela primeira vez através do curta ‘O Vapor Willie’ (filme que marcou a estreia dos filmes de menor duração da Disney nos cinemas), lançado no dia 18 de novembro de 1928, o popular rato deveria ser apresentado como Mortimer e não como Mickey Mouse. 

A troca do nome pelo qual conhecemos hoje foi realizada, pois a esposa de Walt Disney, Lilian, desaprovou a ideia e sugeriu que o marido alterasse o nome do camundongo para Michael Theodore Mouse, ou apenas por seu apelido, Mickey Mouse.

Vale ressaltar ainda que o popular ratinho que foi desenhado por Walt e pelo animador Ub Iwerks, é chamado de formas diferentes em certos países, isso porque, ele teve seu nome traduzido em alguns idiomas, passando a se chamar Topolino em italiano, Mick Maus em alemão; Raton Mickey em espanhol; Musse Pigg em sueco e Mi Lao Shu em mandarim. 

A trajetória de Mickey Mouse

A estreia de Mickey Mouse em ‘O Vapor Willie’, foi realizada em preto e branco e ainda sem falas, fato que mudou em 1929 com o lançamento do curta-metragem “The Karnival”, onde ele pronunciou suas primeiras palavras: “Hot Dog” e em 1935, em ‘The Band Concert’, filme que marcou a primeira aparição colorida do ratinho.

De início, Mickey era dublado por Walt Disney. A voz se manteve a mesma até 1946 e em 1977, foi quando Walt contratou Wayne Allwine para dublar o Mickey.

Apesar do enorme sucesso, Mickey Mouse não foi a primeira aposta em longa-metragem da Disney, visto que quem conquistou o feito foi ‘Branca de Neve e os Sete Anões’, filme que chegou às telonas em 1937 — mas, foi só uma questão de tempo para que a vez do camundongo chegasse, visto que três anos depois ele se tornou protagonista de ‘Fantasia’, em 1940.

Além disso, a primeira produção do personagem para a TV foi realizada em 1950, com o especial de Natal “One Hour in Wonderland”, enquanto o seu primeiro livro surgiu pouco depois de seu primeiro filme, em 1930.

Vale destacar por fim que o presente de aniversário de 50 anos de existência do Mickey foi uma estrela na Calçada da Fama, em Hollywood, fato que o tornou o primeiro personagem a conquistar o feito.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!