Recreio
Facebook RecreioTwitter RecreioInstagram Recreio
Entretenimento / Séries

A bizarra teoria da conspiração que pode ter inspirado Stranger Things

Os episódios do Volume 1 da 4ª temporada de Stranger Things já estão disponíveis no Netflix

Redação Publicado em 01/06/2022, às 13h12

Eleven na quarta temporada de 'Stranger Things' - Divulgação/Netflix
Eleven na quarta temporada de 'Stranger Things' - Divulgação/Netflix

O Volume 1 da 4ª temporada de Stranger Things já está entre nós, e vem dominando os assuntos mais comentados das redes sociais desde o dia de seu lançamento, na última sexta-feira, 27.

A nova trama se passa seis meses após a batalha de Starcourt onde, pela primeira vez, o famoso grupo de amigos se encontra separado e bastante vulnerável. É neste exato momento que surge uma nova criatura sobrenatural ainda mais terrível, que traz um grande mistério que pode ser a chave para acabar com os horrores do Mundo Invertido.

Sendo um dos maiores sucessos já lançados pela Netflix, a série criada pelos irmãos Duffer estreou em 2016, introduzindo a história de um jovem que desapareceu no ano de 1983 e, durante sua busca, seus amigos, família e a polícia local acabam sendo atraídos para um laboratório que realiza experimentos governamentais ultra-secretos.

Teoria da conspiração

Por mais que toda essa história pareça fruto da grande imaginação dos Duffer, o site Thrisllist divulgou no ano de 2016 uma teoria da conspiração bizarra que pode ter sido a responsável por inspirar o roteiro de Stranger Things.

A história fala sobre um suposto projeto secreto do governo dos Estados Unidos intitulado de Montauk, que teria sido implementado durante a época da Guerra Fria, entre os anos de 1947 a 1991, com o intuito de criar novas técnicas de guerra utilizando meios psicológicos, além de recursos que muitos sonham até hoje, como a viagem no tempo e a invisibilidade.

Segundo a lenda, todos os experimentos eram realizados através do Camp Hero, na Força Aérea de Montauk, localizada em Long Island, onde, supostamente, também teriam ligações com outro projeto secreto americano, o Experimento Filadélfia, lançado durante a Segunda Guerra Mundial na década de 1940, e tinha o intuito de burlar o radar nazista para conseguir transportar suprimentos para os Aliados na Europa.

Essa teoria teria surgido em meados da década de 1980, e ganhou popularidade após o autor Preston Nichols lançar uma série de livros sobre o assunto, detalhando tudo o que aconteceria no projeto Montauk, afirmando até que, para alguns experimentos psíquicos, crianças seriam raptadas e testadas em diferentes situações.

stranger things
Cena da quarta temporada de Stranger Things / Crédito: Divulgação/Netflix

Mesmo sem possuir qualquer comprovação de que o projeto Montauk realmente tenha existido, o assunto continua a chamar a atenção de diversas pessoas ao redor do mundo, que ainda costumam realizar visitas em lugares que poderiam servir de base para essas experiências bizarras do governo.