Recreio

8 cenas de animações da Disney que foram alteradas em outros países

Em algumas adaptações, pequenos detalhes acabaram sendo alterados pela produção para se encaixarem com a cultura local. Descubra!

Letícia Yazbek Publicado em 12/02/2021, às 13h00 - Atualizado às 17h00

Cena da animação Monstros S.A (2001) - Divulgação/Disney
Cena da animação Monstros S.A (2001) - Divulgação/Disney

As animações costumam fazer sucesso nos quatro cantos do mundo. Mas, para que isso aconteça, é preciso mudar alguns detalhes dependendo do lugar onde o filme é exibido. É que o que dá certo com o público americano nem sempre vai bem com os chineses ou os brasileiros. A cultura de cada país influencia muito na recepção dos filmes!

1. Qual você prefere?

Em Divertida Mente, há uma cena em que Riley se recusa a comer brócolis. Mas os produtores perceberam que, no Japão, a piada não teria o mesmo sentido – as crianças do país adoram comer brócolis! Então, na versão japonesa da animação, o legume foi trocado por pimentão verde.

2. Esporte favorito

Outra mudança em Divertida Mente aconteceu na cena do jantar, que mostra os pensamentos dos pais de Riley. A versão para a maioria dos países mostra Alegria, Tristeza, Medo, Nojinho e Raiva assistindo a uma partida de futebol, esporte mais popular na maior parte do mundo. Mas, na versão para os Estados Unidos e Canadá, as emoções estão assistindo hóquei, esporte favorito entre a população da América do Norte.

3. Solução divertida

Em Universidade Monstros, Randall prepara bolinhos e os decora com letras que formam a frase "Be my pal" ("Seja meu amigo", em inglês). Como a brincadeira só faz sentido nos países que conhecem a língua inglesa, na maior parte do mundo as letras dos bolinhos foram trocadas por carinha felizes. Assim, todo o mundo entende!

4. Frases diferentes

Em Monstros S.A., o slogan da fábrica de monstros, que aparece na fachada da empresa, é diferente em cada idioma. Em inglês, a frase ficou "We scare because we care" ("Assustamos porque nos preocupamos"), enquanto em espanhol ela mudou para "Sustos que dan gusto" ("Sustos que dão prazer"). Já na versão brasileira, a frase aparece como "No susto e no grito, fazemos bonito".

5. Cadê a bandeira?

Quem já assistiu Toy Story 2 sabe que, no filme, há uma cena em que Buzz Lightyear faz um discurso para motivar os brinquedos a procurar por Woody. Na versão original, atrás do personagem podemos ver a bandeira dos Estados Unidos. Já na versão distribuída para os outros países, Buzz discursa na frente de um globo terrestre.

6. Muitos animais

Em Zootopia, cada país ganhou uma versão do âncora do jornal local, com animais típicos de cada região. Nas versões dos Estados Unidos, Canadá e França o âncora é um alce; no Japão, é um cão-guaxinim; na Austrália e Nova Zelândia, um coala; e, na China, um panda. Já no Brasil o âncora é uma onça-pintada chamada Boi-Chá, que é dublada pelo jornalista Ricardo Boechat - um trocadilho bem divertido!

7. Várias versões

Heroína original da animação Aviões, Rochelle tem 11 versões diferentes, de acordo com o país. No Brasil, ela é Carolina. Na Rússia, Tânia e, na Alemanha, Heidi. Além disso, cada uma delas traz as cores da bandeira nacional.

8. Imagem universal

Na versão norte-americana de Up - Altas Aventuras, é mostrada uma jarra de vidro que traz um papel escrito "Paradise Falls". Na versão para o público internacional, o papel traz uma foto do local.