zoo   / Animais

Conheça o Boi-almiscarado, o sobrevivente da Pré-História

Esse mamífero viveu no período do Pleistoceno, entre 1,8 milhão e 11.000 anos atrás.

Letícia Yazbek Publicado sexta 9 outubro, 2020

Esse mamífero viveu no período do Pleistoceno, entre 1,8 milhão e 11.000 anos atrás.
O mamífero pré-histórico Boi-almiscarado - Pixabay

O boi-almiscarado é um mamífero ruminante herbívoro que vive nas tundras (campos sem árvores) do Canadá, Alasca e Groenlândia. Apesar do nome, esse animal é da família do carneiro e do bode.

Ele tem a cabeça grande, pescoço curto e pernas curtas e fortes. Os animais mais velhos têm chifres que podem chegar a 60 centímetros de comprimento. As fêmeas e os bichos mais jovens têm chifres menores. Esse acessório é usado como arma de combate quando o animal se sente ameaçado.

Os pelos marrom-escuros são muito compridos e grossos, e quase tocam o chão. Eles protegem o corpo das baixas temperaturas (chegam a 40 graus Celsius negativos) da região e ajudam a manter o organismo funcionando. Sob a pelagem ainda há outra camada protetora, formada por um tipo de lã, mais quente e grossa. No verão, as duas camadas de pelos mantêm os insetos longe, formando uma barreira protetora sobre a pele.

Durante o verão, o boi-almiscarado vive em áreas com bastante água, como os vales de rios. Quando o inverno chega, ele prefere ficar em pontos mais elevados, evitando as regiões de neve profunda. Nessa época do ano, a comida é escassa. Aí, o boi-almiscarado escava a neve para alcançar alimento, como gramíneas, juncos e outros tipos de plantas. O organismo consome menos oxigênio, produz menos gás carbônico e diminui a produção de energia. Assim, o animal consegue sobreviver mesmo com pouco alimento.

Os bois-almiscarados vivem em rebanhos de 10 a 30 animais de várias idades – em alguns casos, os grupos podem ter até 100 membros. No período de acasalamento (por volta de agosto), os machos competem pela dominância dando fortes cabeçadas uns nos outros. Eles não se machucam, pois os chifres e o osso do crânio são muito duros e resistentes. Os machos que perdem acabam fugindo para criar um novo grupo. Nessa época, os machos exalam um forte odor, chamado de almíscar – é daí que vem o nome boi-almiscarado!

A gestação das fêmeas dura de oito a nove meses e costuma dar origem a um único filhote. Um ano após o nascimento, ele já começa a se alimentar de plantas. Quando um rebanho é atacado, os machos e fêmeas formam um círculo em volta dos filhotes, com o objetivo de protegê-los. Na natureza, os principais predadores do boi-almiscarado são lobos e ursos.

O boi-almiscarado já habitava a Terra durante a Era Pleistocênica, entre 1,8 milhão e 11.000 anos atrás. Ele conviveu com mamíferos como o mamute, a preguiça gigante e o tigre-dente-de-sabre. Esses animais acabaram extintos com a última Era do Gelo (período de extremo frio na Terra), mas o boi-almiscarado conseguiu se adaptar às condições climáticas e encontrar o melhor lugar para sobreviver.

Último acesso: 04 Dec 2021 - 23:51:58 (1100081).