A Terra em quatro fases: Conheça as Eras do nosso planeta

A trajetória do nosso planeta é dividida em diversas eras — em cada uma delas, seres diferentes foram surgindo e se desenvolvendo

Maria Carolina Cristianini Publicado segunda 26 abril, 2021

A trajetória do nosso planeta é dividida em diversas eras — em cada uma delas, seres diferentes foram surgindo e se desenvolvendo
Imagem ilustrativa da Era Mesozoica - Pixabay

Tempo Pré-Cambriano

Vai da formação do Sol, da Terra e da Lua ao surgimento dos primeiros sinais de vida – células e organismos multicelulares visíveis a olho nu.

Era Paleozoica

É no início dessa era que são vistos os primeiros animais com exoesqueleto (esqueleto externo), como conchas e carapaças. Existem vários períodos, como o Cambriano, quando aparecem os moluscos e corais. Em outros momentos, é a vez dos peixes, insetos e répteis. No final, mudanças climáticas deixaram a Terra com clima mais seco – os répteis se deram muito bem.

Era Mesozoica

Surgem os primeiros dinossauros — alguns dos mais antigos conhecidos são o eoraptor e o herrerassauro, com 231,5 milhões de anos. Com o tempo, também aparecem mamíferos e aves, além das primeiras plantas com flores. No final, a maior parte dos dinossauros é extinta. Assim, o número de mamíferos aumenta pela Terra (havia menos perigo para eles e mais comida disponível).

Três períodos marcam a era em que viveram os dinossauros:

Triássico (252 milhões a 201 milhões de anos atrás)

Havia plantas com até 30 metros de altura. Os animais eram os répteis marinhos, os primeiros mamíferos e os arcossauros: pterossauros (répteis voadores), alguns dinossauros (como celófise, plateossauro, staurikossauro e pampadromaeus) e o grupo que daria origem a crocodilos e jacarés.

Jurássico (201 milhões a 145 milhões de anos atrás)

A divisão do grande continente chamado Pangeia, existente desde o final da Era Paleozoica, termina. O clima, mais quente e úmido, ajudou as florestas a aumentarem. Os dinossauros ficaram maiores. Por exemplo: braquiossauro (até 26 metros de comprimento). Tubarões, libélulas, moscas e formigas já existiam.

Cretáceo (145 milhões a 66 milhões de anos atrás)

Ocorre o auge dos dinossauros! Eram muitos e variados. Surgem os com chifres ou placas ósseas, como o carnotauro e o triceratops. Também foi a época do tiranossauro rex! Até que, 66 milhões de anos atrás, um asteroide atingiu a Terra — dos dinos, só sobraram as aves.

Era Cenozoica

As aves e os mamíferos tomam conta do mundo. Aparecem os cavalos, as baleias e os primatas. Os bichos vão evoluindo e se desenvolvendo até surgirem as espécies atuais. Também é durante essa era que o homem moderno aparece, há mais ou menos 200 mil anos. E chegamos à época em que vivemos hoje. Ninguém sabe o que vem por aí!

A vida depois do asteroide

A queda da rocha espacial em nosso planeta, que matou a maioria dos dinossauros há cerca de 66 milhões de anos, criou um período com falta de luz, em que a Terra se tornou muito fria. Menos energia solar chegava até as plantas, e a fotossíntese do planeta diminuiu. Demorou milhões de anos para que os ambientes se recuperassem.

Último acesso: 03 Dec 2021 - 04:24:41 (1102180).