planetario   / Personagens

Conheça a história de Valentina Tereshkova, a primeira mulher a ir para o espaço

A bordo da nave Vostok 6, o marco foi realizado em 16 de junho de 1963, quando a mesma tinha apenas 26 anos

Publicado quinta 5 novembro, 2020

A bordo da nave Vostok 6, o marco foi realizado em 16 de junho de 1963, quando a mesma tinha apenas 26 anos
Valentina Tereshkova, a primeira mulher a viajar para o espaço - Wikimedia Commons

Nascida em 6 de março de 1937, em Bolshoye Maslennikovo, a cerca de 270 quilômetros de  , Valentina era filha de um motorista de trator e de uma operária têxtil. Entrou na escola aos oito anos e, aos 16, começou a trabalhar com a mãe na fábrica para ajudar a família. Anos depois, se tornaria uma heroína nacional.

Por volta das 10h30 do dia 16 de junho de 1963, a nave soviética Vostok 6 entrava na órbita terrestre. Pouco mais de dois anos antes, em 12 de abril de 1961, Yuri Gagarin havia se tornado o primeiro homem no espaço, a bordo da Vostok 1, que deu uma volta em torno da Terra. Agora, era a vez de outro marco na História: no comando da Vostok 6 estava Valentina Tereshkova, a primeira mulher a ir para o espaço.

Aos 22 anos, Valentina entrou para um clube de paraquedistas amadores e passou a saltar em quase todos os fins de semana, aterrissando em terra ou no rio Volga. Na mesma época, se tornou secretária da Liga Comunista da Juventude da região, ao mesmo tempo em que trabalhava como operária.

Assim que Sergei Korolev, diretor do programa espacial soviético, anunciou que planejava enviar uma mulher ao espaço, Valentina começou a se preparar para a seleção. Foi uma das cinco escolhidas, entre cerca de 5.000 candidatas, e passou por sete meses de treinamento, que incluía testes físicos, pilotagem de jatos e isolamento completo. Ao fim, sobraram duas finalistas: Valentina Tereshkova e Valentina Ponomaryova.

A ideia do governo soviético era fazer um voo duplo, com duas mulheres indo ao espaço em naves separadas. Mas, de última hora, foi decidido que a outra nave seria pilotada por um homem – só uma das candidatas iria ao espaço. Valentina Ponomaryova, engenheira e cientista, era considerada mais preparada tecnicamente e mais estudada. Foi Nikita Khrushchev, primeiro-secretário do Partido Comunista, quem decidiu. Optou por Tereshkova, vista como a mulher soviética ideal: trabalhadora humilde e comunista devotada.

++Leia a matéria completa no site Aventuras na História, parceiro da Revista Recreio.

Último acesso: 30 Nov 2021 - 12:01:50 (1101369).