zoo   / Animais

Lobo-guará: O animal considerado símbolo do Brasil

Saiba mais sobre a única espécie de lobos que vive na América do Sul e que está ameaçado de extinção

Lucas Vasconcellos Publicado sexta 7 maio, 2021

Saiba mais sobre a única espécie de lobos que vive na América do Sul e que está ameaçado de extinção
Lobo-guará em seu habitat natural - Pixabay

Única espécie de lobos que vive na América do Sul, o lobo-guará pode ser encontrado na Argentina, Bolívia, Peru e, principalmente, no Brasil. Aqui, ele vive no cerrado, em Minas Gerais, Goiás, Mato Gosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal.

Esse animal mede, em média, 1,20 metro, e pode pesar até 30 quilos. Ele vive aproximadamente 15 anos.

As pernas do lobo-guará são ágeis e longas — o que facilita na hora de pular para caçar. As orelhas são grandes e os pelos por quase todo o corpo são laranja-avermelhados. Por causa da cor, ele também é conhecido como lobo-de-crina, lobo-vermelho, aguará, aguaraçu e jaguaperi.

Essa espécie se alimenta de pequenos animais, como roedores, tatus e perdizes, além de frutos variados que podem ser encontrados no cerrado. Praticamente inofensivo aos seres humanos, ele prefere se manter distante das pessoas.

Diferentemente de outras espécies de lobos, o guará é tímido, vive sozinho e só procura companhia na época da reprodução. A gestação dura cerca de dois meses. Normalmente, nascem dois filhotes por vez. Então, a fêmea não sai da toca e é alimentada pelo macho. Os pequenos lobo-guará têm pelos pretos e a ponta da cauda branca.

O lobo-guará pode ser visto nos campos nos fins de tarde e durante a noite. Por causa dessa rotina, cruza estradas e, muitas vezes, é atropelado. Além disso, muitas vezes ele ataca animais domésticos como galinhas e porcos, e é caçado pelo ser humano. Por isso, está sob ameaça de extinção.

É importante a criação de projetos para preservar a área habitada por essa espécie. A população também pode auxiliar, evitando desmatar e queimar a vegetação, combatendo a caça e tendo muita atenção ao viajar nas estradas.

 

Último acesso: 04 Dec 2021 - 20:39:13 (1100087).