Recreio
Zoo / Animais

Feioso e malvado: Saiba mais sobre o peixe-aranha

Não se deixe enganar, o peixe-aranha parece bem comum, mas é um dos animais marinhos mais temidos pelos banhistas

Shirley Paradizo Publicado em 09/04/2021, às 17h42 - Atualizado às 17h43

Imagem ilustrativa de um peixe-aranha - Wikimedia Commons
Imagem ilustrativa de um peixe-aranha - Wikimedia Commons

O peixe-aranha tem mesmo cara de mau. Mas não é a sua aparência feiosa que causa medo nas pessoas. Ele tem perto da cabeça uma barbatana com espinhos venenosos. Basta pisar para espetar seu pé. Conheça mais sobre este bicho e como agir se pisar em um deles!

Fique atento

Existem cerca de 8 espécies diferentes deste peixe. Normalmente, ele tem cor amarelo-acastanhada e olhos esbugalhados na parte superior da cabeça. A barbatana dorsal, a dos espinhos venenosos, tem a cor preta.

Moradia

O peixe-aranha é mais facilmente encontrado no litoral de Portugal, da Noruega e do Marrocos e também nos mares Mediterrâneo e Negro.

Que fome!

Solitário, o peixe-aranha passa o dia na parte rasa do mar, escondido entre pedras e algas e praticamente enterrado na areia, deixando apenas a cabeça e o dorso para fora. Dessa forma, fica camuflado e costuma ser confundido com um pedaço de madeira. Por isso, pisoteá-lo é bem comum. À noite, ele sai para nadar à procura de comida. No cardápio, crustáceos, camarões, caranguejos e peixes menores.

Cuidado aí em cima

O peixe-aranha não perdoa. Ao ser pisado, ele levanta a barbatana dorsal e coloca fora três espinhos venenosos que se cravam nos pés da pessoa. Eles perfuram a pele e injetam o veneno. Muitas vezes, os espinhos quebram e ficam espetados. As picadas provocam dores terríveis e intensas, podendo durar de 2 a 24 horas.

Ai, que dor!

A picada causa dor forte onde o veneno foi injetado, náuseas, vômitos, suores frios, cãibras e paralisia do pé, que pode subir para a perna. Também pode ocorrer alergia ao veneno. Quem pisar em um destes deve logo procurar um médico.