Recreio
Zoo / Zoo

Conheça a jornada das tartarugas

A vida das tartarugas marinhas possui um ciclo, descubra como funciona!

Bruna Cardoso Publicado em 22/03/2022, às 18h14

Imagem ilustrativa - Divulgação/ Getty Images
Imagem ilustrativa - Divulgação/ Getty Images

Durante a vida, todas as tartarugasmarinhas passam pelo mesmo processo: nascem a partir de ovos botados na areia, seguem para o mar, acasalam e retornam para a mesma praia onde nasceram para pôr outros ovos. Confira o passo a passo desse ciclo incrível!

1. Tudo começa com o acasalamento nas profundezas do oceano ou perto da área em que a fêmea depositará os ovos. Então, o macho migra para se alimentar e a fêmea vai para a areia, enquanto os ovos se formam.

2. Para desovar, a fêmea procura praias desertas e espera anoitecer (o calor da areia atrapalha no processo). Ela escolhe um trecho da praia que seja livre da ação das marés para construir o ninho.

3. Com as nadadeiras posteriores, a fêmea abre um buraco com cerca de 0,5 metro de profundidade. É o ninho! A quantidade de ovos depositados varia: as maiores botam até 100 em uma única vez! Pesquisadores costumam marcar os ninhos com estacas para proteger os ovos. Ou seja, se você vir estacas em uma praia, não mexa e tome cuidado, pois há pequenas tartarugas se desenvolvendo ali!

4. Depois, a fêmea volta para o mar e a incubação (processo de chocar os ovos) começa. O desenvolvimento acontece graças ao calor da areia, que substitui o calor do corpo da fêmea.

5. Os filhotes nascem entre 45 e 60 dias depois. À noite, graças ao resfriamento da areia, eles rompem os ovos, saem dos ninhos e seguem rumo ao mar, orientados pela luz que a Lua produz no horizonte (o escuro também os protege dos predadores).

6. Mesmo tendo cerca de 4 centímetros, eles são independentes. Mas, quando chegam à água, podem ser devorados por peixes, aves e até siris. A cada mil, só um ou dois viram adultos.

7. Os sobreviventes se reproduzem por volta dos 20 anos. Esses bichos habitam todos os oceanos e nadam por diversos mares orientando-se pelo campo magnético da Terra. A fêmea retorna à praia onde nasceu para pôr os próprios ovos e reiniciar o ciclo de vida.