Recreio
Zoo / Animais

Como os bichos se protegem das mudanças de temperatura?

Para muitos animais, não importa se é verão ou inverno: eles têm proteção especial no corpo

Bruna Cardoso Publicado em 03/01/2022, às 14h25

Imagem ilustrativa de um Husky Siberiano - Pixabay
Imagem ilustrativa de um Husky Siberiano - Pixabay

Escudo poderoso

Pelos finos e muito ralos estão espalhados pelo corpo do hipopótamo. Mas o que o protege mesmo é a pele espessa e cheia de rugas, que chega a ter mais de 5 centímetros de espessura. Debaixo dela, a gordura acumulada (mais leve do que a água) ajuda a estabilizar a temperatura interna e o faz flutuar nas águas africanas.

Roupa de natação

Uma das pelagens mais densas de todo o reino animal é a da lontra-marinha — mamífero carnívoro encontrado nas águas do Oceano Pacífico. Para resistir ao frio e nadar numa boa, ela tem incontáveis pelos. Além de proteger das baixas temperaturas, eles conservam bolhas de ar, que ajudam o bicho a flutuar na água.

Pet resistente

O husky siberiano é a raça de cachorro com as melhores características para enfrentar o frio. Originário da Sibéria (Rússia), era um cão de tração (puxava trenós em condições extremas de temperatura). Para isso, contava com a pelagem densa e comprida, formada por duas camadas de pelo. Quando esse cão passa a viver em locais quentes, como o Brasil, é preciso ter cuidados redobrados: passear com ele apenas à noite, dar banho gelado nos dias mais quentes e trocar a água que ele toma ao menos três vezes por dia.

Camada escondida

Habitante das águas do Ártico, a morsa usa a própria gordura para resistir ao frio: uma camada especial abaixo da pele, que pode ter até 10 centímetros de espessura, compondo 1/3 da massa corporal no inverno. Além de manter a morsa aquecida, a gordura dá energia para que ela mergulhe.

Até o chão!

O boi-almiscarado, parente das cabras e ovelhas, vive na região ártica da América do Norte, na Groenlândia e em alguns locais do norte europeu. Como sempre faz frio nessas áreas (mesmo quando o verão chega), ele conta com uma comprida pelagem, que quase alcança o chão, para se manter quente. Os pelos são renovados na primavera e no outono, e ainda ajudam o boi-almiscarado a espantar insetos.

Estratégia diferente

Apesar de ser um mamífero, a baleia-da-Groenlândia não tem pelos — acessório visto em muitos outros bichos dessa classe. Assim, precisa (e muito!) da gordura do próprio corpo para sobreviver às águas frias da região do Ártico, onde vive — a camada protetora atinge até 1 metro de espessura!