Recreio
Facebook RecreioTwitter RecreioInstagram Recreio
Zoo / Animais

7 curiosidades que talvez você não sabia sobre os lobos

Eles se parecem com os cães domésticos, mas têm hábitos bem diferentes – vivem em grupos (as alcateias) e são ótimos caçadores

Lucas Vasconcellos Publicado em 03/06/2022, às 19h00

Imagem ilustrativa de um lobo uivando - Pixabay
Imagem ilustrativa de um lobo uivando - Pixabay

Onde vive: em regiões da Ásia, da Europa, nos Estados Unidos e no Canadá

Tamanho: 1,60 metro de comprimento (em média)

Peso: até 60 quilos

O que come: frutos, vegetais e outros bichos

Tempo de vida: entre 16 e 20 anos

Cada um no seu lugar

A alcateia é liderada por um casal reprodutor, que permanece junto a vida toda. O líder (alfa) pode ser eleito por briga ou pela liberação de substâncias (feromônios), que deixam os outros submissos. O alfa manda em todos. O segundo macho mais forte (beta) vira o alfa se o primeiro se ferir ou morrer.

Corpo poderoso

Lobos são mamíferos carnívoros — têm maxilares fortes e dentes afiados, adaptados para mastigar ossos. Eles se dividem em cerca de 13 subespécies, todas com garras próprias para a corrida — assim como os cachorros. Sabia que os lobos deram origem aos cães? Aos poucos, eles foram sendo domesticados, até surgirem as raças que temos em casa.

O poder da comida

Quer saber quem é quem numa alcateia? Basta ver a ordem em que os lobos se alimentam depois da caça: os mais fortes serão os primeiros, comendo as partes de maior valor energético do animal abatido (fígado, por exemplo).

Visual diferente

A coloração dos pelos varia: avermelhados, cinza, brancos, pretos... Isso tem a ver com o ambiente em que vivem. Cinza ou branco, por exemplo, ajudam na camuflagem em ambientes como a neve. Assim, passam despercebidos de predadores e enganam as presas.

Quem está uivando?

O uivo ajuda a manter o grupo unido. E mostra para outras alcateias que eles estão por ali, evitando o confronto direto entre os vizinhos. Dentro de um mesmo grupo, a comunicação inclui rosnados e ranger os dentes.

Que fome!

Moram em pântanos, savanas, florestas, desertos e regiões geladas, no Norte do planeta. Até comem frutos e vegetais, mas a alimentação vem, em maior parte, de bichos pequenos: répteis, animais mortos, crustáceos e peixes — caçados em regiões rasas.

Lobinhos

Quando se reproduzem, geram entre dois e seis filhotes. A fêmea prepara o local do nascimento com pelos e folhas, debaixo de uma árvore ou perto de rochas. Com 6 meses de vida, os filhotes começam a caçar.