Recreio
Facebook RecreioTwitter RecreioInstagram Recreio
Viva a História / Humanidade

Como era a vida das pessoas durante a Pré-História?

Saiba mais sobre esse período tão importante na história da humaninade, que aconteceu há mais de 4 mil anos

Silvia Regina Publicado em 22/01/2021, às 11h00 - Atualizado em 07/04/2022, às 18h40

Imagem ilustrativa de dinossauros na Pré-História - Pixabay
Imagem ilustrativa de dinossauros na Pré-História - Pixabay

Tudo o que aconteceu antes do surgimento da escrita, por volta de 4.000 anos atrás, é considerado Pré-História. Os estudiosos acreditam que a história só pode ser estudada a partir de documentos escritos. Portanto, se não há esse relato, tudo é Pré-História. O termo Pré-História foi criado em 1851, para designar a História antes da História registrada.

A Pré-História marcou o aparecimento do homem moderno, o Homo sapiens, há 200 mil anos. Mas antes dele, outros hominídeos surgiram. Existem relatos de que há sete milhões de anos viveu o Sahelanthropus tchadensis, provavelmente o primeiro a se levantar e andar em apenas dois membros. De lá para cá mais de 20 espécies foram descobertas. Uns são bem diferentes, como o Homo floresiensis, que tinha apenas um metro de altura. O Homo sapiens é nosso ancestral mais próximo e única espécie que conseguiu sobreviver.

Na Pré-História o homem não sabia escrever, mas há registros de que ele usava outros meios para se expressar. Por esculturas, desenhos nas cavernas (as pinturas rupestres), colares e ferramentas criadas por eles, como os martelos e as estacas de pedra e ossos, eles registraram a forma como viviam.

Cotidiano

Os homens pré-históricos viviam moravam dentro de cavernas ou em grandes rachaduras nas rochas para se proteger do frio e de predadores — por isso, ficaram conhecidos como homens das cavernas. Mas também era comum o homem viver ao ar livre, em pequenos bandos, e de tempos em tempos procurar um novo lugar para morar, de acordo com a oferta de alimento na região.

Homens, mulheres e crianças que viviam na Pré-História não tinham muitos utensílios para cozinhar. Eles se alimentavam de frutas, folhas e raízes, além de peixes e da carne dos animais que caçavam. Ferramentas eram usadas para furar, cortar e raspar.

Na Pré-História ainda predominavam os animais da megafauna, que são aquelas espécies muito grandes, como a preguiça-gigante, tatu, mastodonte, mamute, tigre-dente-de-sabre e bisão. O desaparecimento deles ainda é um mistério. Alguns cientistas acreditam que foram extintos por causa das variações climáticas, enquanto outros acham que foi culpa do homem.

O fogo sempre ajudou o homem a sobreviver. Além de assustar os predadores, iluminar o caminho e a caverna, ainda o ajudava a se aquecer. Provavelmente, o fogo surgiu a partir da queda de um raio. Somente depois disso, o homem aprendeu a bater uma pedra em outra ou esfregar duas madeiras para dar atrito e fazer o fogo. Mas no começo, a chama causava medo nos ancestrais. Demorou para que eles se acostumassem com a novidade e passassem a usá-la.