viva-a-historia   / Civilizações

Grécia Antiga: Tudo sobre a sociedade e política da época

Viaje para a Antiguidae e conheça a sociedade que deixou influências em diversas civilizações

Maria Carolina Cristianini Publicado segunda 6 julho, 2020

Viaje para a Antiguidae e conheça a sociedade que deixou influências em diversas civilizações
- Wikimedia Commons

O período que antecede as Olimpíadas está cheio de suposições. Alguns pesquisadores acreditam que, por volta de 1400 antes de Cristo, a civilização micênica dominava o território grego – eles teriam erguido grandes construções para os padrões da época.

Era mais ou menos 1200 antes de Cristo quanto tudo ficou ainda mais misterioso: os dórios, um povo violento e que não dominava nem a escrita, teria invadido a Grécia e dominado a população. Por centenas de anos, não se sabe ao certo o que aconteceu.

Há quem acredite que o choque cultural com os dórios fez surgir o que hoje chamamos de antiga civilização grega. O fato é que, séculos depois, viriam os Jogos Olímpicos. A primeira edição aconteceu em 776 antes de Cristo, em homenagem a Zeus (o deus dos deuses). A competição aconteceu em Olímpia até 393.

A nova era grega abriu caminho para que, por volta de 500 antes de Cristo, surgisse em Atenas uma nova forma de governo: uma reforma política nessa cidade-Estado fez com que todos os homens adultos e livres, filhos de cidadãos gregos, participassem do governo. Era a invenção da democracia, praticada até hoje em muitos países, como Brasil.

Conflitos

Na antiguidade, não faltavam tentativas de anexar territórios e dominar cada vez mais lugares. Com a Grécia não foi diferente. Em 490 antes de Cristo e em 480 antes de Cristo, os persas invadiram o território grego, com objetivo de dominar a região, sem sucesso – conquistaram apenas algumas cidades.

Numa das investidas dos persas, em 480 antes de Cristo, acredita-se que o rei Xerxes levou milhares de soldados (há quem diga até 200 mil deles) para invadir a Grécia. Os gregos, comandados por Leônidas, de Esparta, tiveram que recuar e acabaram resistindo com apenas 300 homens. Conclusão: mais uma tentativa frustrada dos persas.

Mais um conflito grego começa em 431 antes de Cristo: era a Guerra do Peloponeso, que aconteceu de forma generalizada pelo território. O tema central da batalha era a forma de governo que deveria predominar na Grécia: a democracia de Atenas ou a oligarquia (um grupo pequeno assume o poder) de Esparta. Em 404 antes de Cristo, os muros de Atenas foram destruídos. Esparta se tornou a soberana!

A vida em democracia estava com os dias contados! Em 359 antes de Cristo, Filipe II se torna o rei da Macedônia e domina a Grécia. O imperador seguinte seria Alexandre, o Grande, filho dele, que morreria em 323 antes de Cristo. A partir da segunda metade do século 2 antes de Cristo, tudo foi conquistado pelos romanos. Mas a cultura grega não despareceu: influenciou Roma e outros povos até chegar a várias sociedades, como a brasileira.

 

Consultoria: André Chevitarese (professor do Instituto de História da UFRJ), Claudio U. Carlan (professor-adjunto de História Antiga da Universidade Federal de Alfenas/MG) e Marcos José de Araújo Caldas (professor adjunto de História Antiga e Teoria da História da UFRRJ)

Último acesso: 30 Nov 2021 - 13:11:17 (1096289).