Recreio
Viva a História / Língua portuguesa

Como surgiram as palavras oi e tchau?

Diferente do que muitos imaginam, elas não surgiram no Brasil e aparecem também em outros idiomas

Redação Publicado em 12/03/2021, às 14h00 - Atualizado às 14h20

Imagem ilustrativa de uma mulher dando oi - Pixabay
Imagem ilustrativa de uma mulher dando oi - Pixabay

O “oi” é uma palavra internacional. Ela aparece em idiomas completamente díspares, do ídiche oy vey (“oh sofrimento”) até o persa e o japonês, passando pelo inglês. O significado é mais ou menos o mesmo em todos: obter a atenção de alguém, indicar surpresa ou espanto, ou desaprovação, como quando alguém diz com irritação: “Oi, atenção aí!’.

Em latim e grego, oi era uma expressão de dor, que parece ter evoluído para um grito genérico para chamar a atenção de alguém. Outra hipótese é que seja uma variação de “olá” e “alô”, outras palavras internacionais que vieram do germânico holâ, “traga!”, usado primeiro para chamar barqueiros.

Já o “tchau” foi importado. A palavra foi primeiro trazida por imigrantes italianos. Eles utilizam a saudação ciao tanto quando chegam quanto quando se vão, mas aqui nunca colou como saudação, talvez porque já tivéssemos o oi e o olá para a primeira parte.

O tch é a reprodução mais fiel do c da língua italiana. Ciao vem da língua veneziana. S-ciào vostro ou s-ciào su, o que quer dizer um hiperbólico “sou seu escravo”.