Viva a História | Viva a História

Como as pessoas viviam sem eletricidade?

Até o fim do século 19, não havia energia elétrica no Brasil e o dia a dia das pessoas era bem diferente do que temos hoje!

segunda 28 outubro, 2019
Foto:Getty Images

Cuidado com a roupa!

Não existiam aparelhos eletrodomésticos, como máquina de lavar roupas, e, por isso, as pessoas tinham muito mais trabalho para realizar as tarefas do dia a dia. As roupas, toalhas e lençóis eram lavados em tanques ou bacias, com sabão em barra. Já para passar a roupa, era usada uma brasa colocada em um compartimento dentro do ferro. Era preciso ter muita atenção, pois a fuligem da brasa poderia sujar a roupa ou o ferro poderia esquentar muito e queimar o tecido.

Veja mais

Pronta para comer

Sem geladeira, as famílias precisavam comprar frutas, verduras e legumes frescos todos os dias – se o estoque fosse muito grande, a comida acabava estragando. Outros alimentos eram guardados já cozidos para o consumo. As carnes, por exemplo, eram guardadas em latões, imersas em banha de porco. Os fogões da época funcionavam à lenha.

Que frio!

O banho era feito com água fria ou com água aquecida no fogão à lenha. A água era colocada em banheiras, barris ou jarras. Também era comum tomar banho em rios. Mas ainda não existia o hábito de tomar banho todos os dias – o costume era de tomar banho cerca de cinco vezes por ano, quando as roupas de baixo eram trocadas.

Telefone sem fio

Antes de os telefones se popularizarem, na metade do século 20, transmitir recados era bem demorado. Era preciso ir até a casa da pessoa com quem se desejava falar. Quem tinha melhor condição podia contratar um contínuo, pessoa que levava e trazia recados. Para mandar uma mensagem para alguém que estava longe, era necessário enviar uma correspondência, que podia demorar meses para chegar.

Tudo escuro

Não havia iluminação pública e, à noite, as ruas ficavam muito escuras. Por isso, as pessoas dormiam cedo ou se reuniam em casa, iluminadas pela luz de velas, lamparinas ou lampiões. Nas noites de lua cheia, aproveitavam para passear nas praças e ruas mais movimentadas.

Diversão de outro tempo

Também não existia televisão, rádio ou computador. Para se divertir, as famílias mais ricas iam a espetáculos e frequentavam bailes familiares. As mais pobres se reuniam em casa ou em locais públicos. Toda a população das cidades participava de festas religiosas ou populares. As crianças brincavam com piões, soldadinhos de chumbo e bonecas de pano.

Ventilação diferente

Antes do ventilador e do ar condicionado surgirem, o jeito mais comum de se refrescar era usando leques ou outros objetos para se abanar. Espaços públicos fechados, como teatros, precisavam ter sistemas de ventilação especial – em alguns lugares, eram usados ventiladores manuais.

 

Consultoria: Célias Tavares (professora do Departamento de Ciências Humanas da UERJ).

Letícia Yazbek
Leia Mais:

Assine e Ganhe

FAMOSOS

  1. 1 Nem sempre os livros contam histórias inventadas. Confira cinco sugestões de obras baseadas em fatos reais 5 livros sobre histórias reais
  2. 2 Qual é a importância da música na nossa vida?
  3. 3 Quando usar mais e mas?
  4. 4 5 livros sobre a felicidade
  5. 5 A poluição do plástico no meio ambiente