Recreio

Brasil à vista! Há 522 anos, os portugueses chegavam em terras brasileiras

Em 22 de abril de 1500, os portugueses pisaram em solo brasileiro pela primeira vez. Conheça a história!

Redação Publicado em 22/04/2022, às 20h00

Quadro Desembarque de Pedro Álvares Cabral em Porto Seguro, de Oscar Pereira da Silva - Wikimedia Commons
Quadro Desembarque de Pedro Álvares Cabral em Porto Seguro, de Oscar Pereira da Silva - Wikimedia Commons

Algum tempo antes

Entre o final do século 15 e o início do século 16, quando os portugueses chegaram ao Brasil e colonizaram nosso país, Portugal era uma nação rica e que dominava as expedições marítimas. Mas nem sempre foi assim: até o começo do século 15 (cerca de 100 anos do Descobrimento do Brasil), os países ricos na Europa eram Alemanha, Flandres (onde hoje fica parte da Bélgica e da Holanda) e, principalmente, Itália.

Depois de 1453, com a tomada de Constantinopla (atual Istambul, Turquia) pelos turcos, a situação melhorou para Portugal. Dom Henrique, filho do rei dom João I, tornou-se dirigente da Ordem de Cristo, que investia em expedições marítimas. Isso era necessário! Afinal, os portugueses precisavam encontrar novas formas de ganhar dinheiro — e já tinham experiência com o mar por causa das atividades de pesca no país.

Até 1453, os italianos tinham dinheiro e poder, pois controlavam o comércio marítimo da época: eles viajavam para o Oriente, passando por Constantinopla (atual Istambul, Turquia), compravam especiarias e vendiam esses produtos na região do Mar Mediterrâneo. Mas, com a tomada de Constantinopla pelos turcos, em 1453, o caminho se fechou — e a Itália perdeu importância.

Um passo à frente

Quando os italianos foram impedidos de passar por Constantinopla, os portugueses já tinham feito várias viagens usando embarcações próprias. Assim, conheciam todo o litoral africano e buscavam um caminho alternativo para a terra das especiarias no Oriente, que eles chamavam de Índias.

Viagem difícil

A viagem de 7 mil quilômetros que os portugueses encararam até avistar o Brasil durou 44 dias. E foi tudo bem difícil! Dos 1.500 homens que saíram da Europa a bordo de 13 embarcações, apenas a metade regressou. A comida a bordo era muito ruim: como a carne logo estragou, restaram biscoitos salgados e duros, vinho e água. Só os mais ricos embarcaram com alguns animais vivos, como galinhas e carneiros, que se tornaram refeição durante a jornada.

Enfim, o continente

A expedição de Pedro Álvares Cabral , que chegou ao Brasil em 22 de abril de 1500, saiu de Lisboa (Portugal) com o objetivo principal de chegar ao Oceano Índico. Mas a frota fez um desvio e acabou vindo parar no litoral brasileiro.

Quem foi Cabral?

Esse português nasceu na Vila de Belmonte e participava da nobreza da época, apesar de não ter muita experiência náutica. Na verdade, não era ele quem deveria estar no comando da expedição que chegou ao Brasil: ela seria liderada por Vasco da Gama, que, por motivos de saúde, desistiu da viagem e indicou Cabral para substituí-lo.

Alguns historiadores dizem que Pedro Álvares Cabral veio parar aqui porque a Corte de Portugal tinha notícias da existência de terras localizadas para esses lados do planeta. Não se sabia ao certo onde elas estavam, mas havia suspeitas de que ficariam no Ocidente.

Outra teoria defende que o navegador português Duarte Pacheco já havia visitado o norte do Brasil em 1498 — e avisado Portugal sobre a existência dessas terras. Em janeiro de 1500, meses antes da chegada de Cabral, os marujos espanhóis Yanez Pinzón e DiegodeLepe teriam recebido medalhas por terem descoberto o Brasil.

Muito tempo depois

Como primeiros descobridores ou não, por alguns anos os portugueses não se empolgaram com o Brasil — foram três décadas sem enviar qualquer expedição para cá. Mas Inglaterra e França vinham até aqui buscar pau-brasil e animais exóticos.

Além disso, os espanhóis passaram a relatar a presença de ouro e prata na América. Assim, Portugal decidiu colonizar o Brasil, dividindo o território em capitanias hereditárias, em 1534.

Antigos moradores

É importante lembrar que, antes de os portugueses pisarem em solo brasileiro, já existiam várias civilizações por aqui. Muitas tribos indígenas estavam distribuídas pelo território, como os tupiniquins, os tupinambás e os aimorés. Eram tantas que os estudiosos acreditam que cerca de mil línguas fossem faladas por aqui naquela época!