Recreio
Tecnologia / Museus

7 museus virtuais para visitar sem sair de casa

Quer conhecer museus incríveis ao redor do mundo? Faça tours virtuais completos!

Bruna Cardoso Publicado em 08/05/2020, às 12h00 - Atualizado às 12h58

Reprodução
Reprodução

1. Museu da Casa Portinari

Antiga residência do pintor brasileiro Candido Portinari (1903–1962), o Museu da Casa Portinari, na cidade de Brodowski (São Paulo), traz a ligação do artista com a terra natal, a infância e a própria família. Existem pinturas nas paredes da casa, coleção de desenhos, objetos de uso pessoal, móveis e utensílios da família Portinari. Além de mostrar o acervo, a visita online traz um pouco da fachada e da rua em que o museu fica.

Acesse: bit.ly/mcporti

2. Museu de História Natural

O Museu de História Natural, em Nova York (Estados Unidos), tem réplicas enormes de animais, dinossauros e muitas curiosidades sobre a história do planeta. A visita virtual é supercompleta: tem os jardins do lado de fora, o hall de entrada e quase todos os corredores são acessíveis, levando você de galeria em galeria.

Acesse: bit.ly/nhistv

3. Museu Nacional do Iraque

Inaugurado em 1926, o Museu Nacional do Iraque, na capital Bagdá, possui 7 mil relíquias da Mesopotâmia, civilização considerada um dos berços da civilização humana. O tour online se divide em oito salas, que correspondem às fases da Mesopotâmia: pré-história, período sumério, acádio, babilônico, assírio, aquemênida, dinastia sassânida e islâmico. É possível clicar nas relíquias e descobrir mais sobre a origem delas – além de curtir mapas interativos e vídeos.

Acesse: bit.ly/mniraque

4. Teatro-Museu Dalí

Salvador Dalí (1904-1989) é um dos artistas mais importantes do surrealismo (movimento em que as obras que retratam, principalmente, sonhos e fantasias). E foi um dos idealizadores do Teatro-Museu Dalí, em Figueres (Espanha). O museu era um antigo teatro da cidade onde ele nasceu, bombardeado durante a Guerra Civil Espanhola (1936–1939). Na década de 1960, Dalí e o prefeito da época decidiram reconstruí-lo e abrigar o acervo completo do artista. Na visita virtual, você admira esculturas, móveis, quadros e colagens.

Acesse: bit.ly/tmdali

5. Museu Imperial

Instalado no antigo Palácio de Verão de dom Pedro II, o Museu Imperial, em Petrópolis (Rio de Janeiro), reúne o principal acervo do Brasil Império, destacando o segundo reinado. São cerca de 300 mil itens, incluindo documentos, obras de arte e objetos pessoais da família imperial – por exemplo, a coroa de dom Pedro I e de dom Pedro II. Pelo site, você vê boa parte desses objetos em cinco locais: sala de jantar, sala de Estado, gabinete de estudos de dom Pedro II e duas salas de música.

Acesse: bit.ly/mimprj

6. Museu do Louvre

O Museu do Louvre, em Paris (França), tem mais de 380 mil itens em exposição - entre eles, a famosa Mona Lisa, quadro pintado pelo italiano Leonardo da Vinci. No passeio online, você visita três galerias: as coleções de arte do Egito antigo, as artes decorativas da Galeria de Apolo e as artes medievais.

Acesse: bit.ly/mlouv

7. Museu Britânico

Inaugurado em 1783, o Museu Britânico, em Londres (Inglaterra), conta toda a história da humanidade, desde a Pré-História. O online traz um diferencial bem legal: os objetos do acervo (mais de 8 milhões) estão separados em cinco categorias (arte e design, vivendo e morrendo, poder e identidade, religião e crença, comércio e conflito) e cinco continentes (África, América, Ásia, Europa e Oceania).

Acesse: bit.ly/mubrita