Recreio
Facebook RecreioTwitter RecreioInstagram Recreio
Planetário / Universo

Muito além da Terra: 7 curiosidades sobre os cometas

Atualmente, os astrônomos sabem da existência de cerca de 3.600 cometas pelo Universo. Pegue carona na cauda de um deles e descubra curiosidades super legais

Lucas Vasconcellos Publicado em 27/06/2022, às 12h51

Imagem ilustrativa de um cometa - Pixabay
Imagem ilustrativa de um cometa - Pixabay

Você sabe o que é um cometa? Trata-se de uma pedra de gelo suja. O gelo (água) é misturado a minerais e materiais voláteis (que mudam de estado facilmente — nesse caso, do sólido ou líquido para o gasoso), como dióxido de carbono e gás metano. Já a sujeira tem poeira fina e pedras.

1. Velhinhos

Os cometas foram formados há cerca de 4,5 bilhões de anos, por matéria nebulosa — a mesma que deu origem aos planetas, luas e asteroides. Uma das teorias diz que os cometas com períodos mais curtos (menos de 200 anos de vida) tiveram origem no cinturão de Kuiper, região do sistema solar que se estende da órbita de Netuno até 50 UA do Sol. Os de maior período (com mais de 200 anos), surgiram na nuvem de Oort (entre 50 e 100 mil UA do Sol).

2. Além do Sol

Presos pela força da gravidade solar, cometas têm órbita elíptica (parecida com o formato de um ovo), que faz com que se aproximem ou se afastem da nossa estrela. Quanto mais distante for o afélio (ponto da órbita elíptica mais distante do Sol) do cometa, mais tempo ele leva para dar uma volta completa em torno do astro-rei.

3. Pesquisa em andamento

A Missão Stardust, de 1999, não pousou no cometa Wild 2, mas chegou bem perto e capturou mais de 10 mil partículas expelidas por ele. O material continua sendo estudado na Terra para entender melhor a or igem dos cometas.

4. Visita especial

Em 12 de novembro de 2014, levado pela sonda Rosetta, o módulo-robô Philae da Agência Espacial Europeia posou no cometa 67P/ Churymov-Gerasimenko, que estava a cerca de 500 milhões de quilômetros da Terra. Foi a primeira vez que isso aconteceu!

5. É muito frio!

Ao se aproximar do Sol, a temperatura da superfície do cometa começa a aumentar. O dióxido de carbono passa de sólido para gasoso, atingindo 53 graus Celsius negativos. Mas, como os cometas costumam passar a vida além de Plutão, eles são mais gelados que isso.

6. Olhe lá no céu!

Quando um cometa está perto do Sol, gases e grãos se soltam do núcleo dele e formam uma nuvem conhecida como cabeleira ou coma. Ela é empurrada pela luz solar no sentido contrário ao Sol, formando a cauda, que pode chegar a 100 milhões de quilômetros de extensão!

7. Clarão

Às vezes, quando a Terra passa pela órbita de um cometa, acontecem chuvas de meteoros. Uma delas é Perseides, que ocorre todo ano, entre 23 de julho e 20 de agosto, quando nosso planeta passa pelo cometa Swift-Tuttle.

Celebridades!

HALLEY: ele se aproxima do nosso planeta a cada 76 anos. A próxima vez deve ser em 2061!

HALE-BOPP: foi um dos maiores já observados da Terra, em 1997. Deu para vê-lo a olho nu (sem o uso de instrumentos, como binóculo ou luneta) por quase 18 meses.

HYAKUTAKE: descoberto em 1996, passou perto da Terra em março do mesmo ano — é um dos que mais se aproximou em 200 anos.

Você sabia?

  • O núcleo do cometa representa apenas 0,00001% do tamanho dele?
  • Quando vemos um cometa a partir da Terra, na verdade estamos enxergando a cauda dele? O núcleo fica ofuscado por causa da enorme quantidade de gás e de poeira que o envolve.