Recreio
Facebook RecreioTwitter RecreioInstagram Recreio
Planetário / Planetas

Mercúrio: O planeta mais próximo do Sol

Localizado entre o Sol e Vênus, Mercúrio é o menor planeta do sistema solar

Letícia Yazbek Publicado em 05/04/2020, às 11h00 - Atualizado em 18/03/2022, às 12h00

Mercúrio, o menor planeta do sistema solar - Pixabay
Mercúrio, o menor planeta do sistema solar - Pixabay

Mercúrio já era observado desde a Antiguidade e, por volta de 3000 antes de Cristo, na Grécia, recebeu os nomes de Apolo e Hermes. As primeiras observações por meio de um telescópio foram feitas em 1610, pelo cientista italiano Galileu Galilei. Em 1631, o astrônomo francês Pierre Gassendi observou a movimentação de Mercúrio em torno do Sol. Mais tarde, outros astrônomos fizeram descobertas sobre a órbita e a massa do planeta.

Foi na Roma Antiga que Mercúrio foi batizado com o nome que conhecemos. Ele foi dado em homenagem ao deus da mitologia romana Mercúrio, mensageiro do deus Júpiter.

É o menor planeta do sistema solar, com um diâmetro de 4.879 quilômetros e um tamanho cerca de 40% menor do que o da Terra (o diâmetro do nosso planeta é de 12.742 quilômetros. A massa média de Mercúrio é de 328.500.000.000.000.000.000.000 quilos.

Mercúrio está a 57.910.000 quilômetros de distância do Sol. Por ficar muito próximo do Sol, é um dos planetas mais quentes do sistema solar. A temperatura máxima, na parte iluminada pelo Sol, pode atingir 430 graus Celsius, enquanto a parte não iluminada pode chegar a 170 graus Celsius negativos.

O planeta leva cerca de 59 dias terrestres para dar uma volta em torno de si mesmo, completando um dia. Já o movimento de translação, feito ao redor do Sol, leva 87 dias terrestres.

A superfície de Mercúrio é parecida com a da Lua terrestre: rochosa e cheia de planícies e crateras causadas por meteoritos. Cerca de 70% do planeta é formado por ferro — os outros 30% são minerais que formam as rochas.

Mercúrio não tem satélites conhecidos. Por isso, é chamado de planeta sem-lua. A atmosfera, composta principalmente por oxigênio, sódio e hidrogênio, é tão rarefeita que se considera que ela não existe.

Sabia que Mercúrio pode ser visto a olho nu? Como fica muito perto do Sol, ele costuma ser ofuscado pelo brilho do astro. Mas ao amanhecer e ao entardecer fica mais fácil de vê-lo. Ele aparece como um ponto brilhante próximo ao horizonte.

Ainda não se sabe muito respeito de Mercúrio. Isso porque os telescópios terrestres captam apenas um brilho forte, sem muitos detalhes. Entre 1974 e 1975, a sonda Mariner 10 mapeou cerca de 45% da superfície do planeta. Outra sonda, chamada MESSENGER, fez três sobrevoos entre 2008 e 2009, e entrou na órbita de Mercúrio em 2011. Em 2012, descobriu que a superfície do planeta conta com uma grande quantidade de gelo. A missão chegou ao fim em 2015.

Em outubro de 2018, a Agência Espacial Europeia, em uma missão conjunta com o Japão, chamada BepiColombo, lançou duas sondas para mapear Mercúrio e estudar a magnetosfera do planeta.