Recreio
Natureza / Natureza

Por que a água do mar é tão salgada?

Entenda como a formação dos rios e oceanos faz com que a água do mar seja tão salgada

Letícia Yazbek Publicado em 18/01/2020, às 11h00

Getty Images
Getty Images

Durante o verão, ir à praia e tomar um banho de mar é uma das atividades preferidas de adultos e crianças. O contato com a água salgada traz muita diversão e energia. Mas você sabe por que a água do mar é salgada? 

Ao longo de centenas de milhões de anos, as chuvas formaram os rios, que dissolveram as rochas presentes nos continentes. Em contato com a água, as rochas se dissolveram e se fragmentaram, formando pequenas partículas. Essas rochas são cheias de sais minerais, inclusive o sal comum, o cloreto de sódio (NaCl).

O sais dissolvidos são carregados pelos rios e córregos, chegando a mares e oceanos. Mesmo que estejam em baixa concentração nos rios, ao longo do tempo os sais vão se acumulando nos oceanos. Em média, dois milhões de toneladas de sal são levados por ano dos rios aos oceanos.

Além disso, as partículas de sódio e cloro que estão suspensas na atmosfera são levadas pela chuva e acabam no mar. 

Mas a salinidade de uma massa de água depende principalmente da evaporação, que determina a quantidade de sal presente nela. Com o calor, parte da água evapora, mas o sal permanece lá. A água do mar costuma ter cerca de 35 gramas de sal para cada litro de água, mas isso varia de acordo com a região.

Nos Polos, por exemplo, a salinidade é menor por causa do derretimento constante do gelo. Já em regiões quentes, como o Nordeste brasileiro, há lagos e açudes com alta concentração de sal. Já no Mar Morto, que vem perdendo volume e aumentando a concentração de sal, cada litro de água chega a ter 300 gramas de sal.

Consultoria: Eduardo Siegle (professor do Instituto Oceanográfico da USP).