Recreio
Natureza / Árvores

Planeta mais verde: Aprenda a plantar árvores

Plantar árvores é um jeito divertido de proteger a natureza e melhorar o ambiente em que você vive! Veja o passo a passo

Letícia Yazbek Publicado em 19/03/2020, às 12h00

Pixabay
Pixabay

Primeiro, decida em que lugar a árvore será plantada. Em algumas cidades é permitido fazer isso nas calçadas, seguindo as recomendações da prefeitura. Mas, em certos locais, apenas os representantes da cidade estão autorizados a plantar, podar e remover árvores. Verifique as normas de onde você mora. Também é possível plantar em áreas particulares, como quintais, pátios e sítios.

Outro ponto importante é saber qual espécie será plantada. Algumas não aceitam sol, enquanto outras não podem ficar na sombra. O ideal é pesquisar sobre as preferências da espécie escolhida e ter certeza de que ela terá condições de crescer no espaço em que ficará.

Há muitas espécies que se desenvolvem bem em espaços pequenos e que são ideais para as cidades – não prejudicam equipamentos urbanos, como calçadas, fiação elétrica e tubulações. Entre as que dão flores, boas opções são ipê amarelo, jacarandá, jequitibá-rosa e palmeira. Há também as frutíferas, como pitangueira, jabuticabeira, limoeiro e pessegueiro. Adquira a muda da árvore em um local de venda confiável – comprar mudas de ambulantes é assumir o risco de levar para casa uma planta doente.

Escolha uma árvore que vai se adaptar bem ao clima de onde você mora. A melhor época para iniciar o plantio também depende de cada região brasileira e espécie. Faça uma pesquisa completa antes de começar!

Passo a passo
Chame um ou mais adultos para ajudar e siga as etapas a seguir para plantar uma árvore:

1) Prepare o solo para o plantio – cave o mais fundo e largo que puder. Quanto mais fofo o solo ficar, melhor será a adaptação das raízes da planta.

2) Abra uma cova de 50 centímetros de comprimento e de largura. A profundidade do buraco depende do tamanho da espécie – a média é de 50 centímetros. Se for plantar mais de uma muda, as covas devem ter 3 metros de distância uma da outra.



3) Com cuidado, tire a muda do vaso e corte as raízes quebradas. Levante a muda (sempre pela raiz!) e acomode-a na cova, espalhando bem as raízes. Lembre-se de colocar nutriente no solo, como terra adubada ou esterco. O uso de fertilizantes não é recomendado.

4) Preencha os espaços vazios com terra até as raízes, dando tapinhas para assentar a terra.

5) Nos primeiros meses após o plantio, é importante regar a planta todos os dias para deixá-la sempre hidratada, principalmente se não houver chuva. Se achar necessário, coloque uma vara de madeira ao lado dela para evitar que a planta caia. Fixe a vara na terra e amarre-a com cuidado na planta com um elástico de borracha.

6) Fique de olho nela de tempos em tempos: sempre observe se não há formigas ou outras pragas atacando a árvore. As pragas podem ser controladas com a poda e a remoção das partes mais atacadas. Remova os insetos com uma solução de vinagre ou álcool etílico e borrife a planta com uma mistura de água com sabão de coco ou detergente neutro. Fique de olho e remova ervas daninha – elas vão competir com a árvore por ar e nutrientes.

7) Os primeiros frutos e flores começam a surgir, em média, três anos após o plantio.