Recreio
Natureza / Fenômenos

A areia movediça realmente existe?

Sim! E ela se forma em locais onde os grãos de areia estão mais soltos. Entenda!

Redação Publicado em 08/07/2021, às 13h00 - Atualizado às 16h23

Dunas de areia em um deserto - Pixabay
Dunas de areia em um deserto - Pixabay

Quantas vezes você já assistiu a um filme em que o herói é sugado por areia movediça e salva no último minuto ao agarrar um galho próximo? Ao contrário do que vemos no cinema e na televisão, ninguém desaparece dentro da areia movediça. Por isso, relaxe: se pisar nela, você não será sugado por um lamaçal sem fundo!

A areia movediça ou gulosa não é uma temível força da natureza e raramente tem mais de um metro de profundidade. Ela pode aparecer em quase todo lugar que tenha água e areia, sendo mais comum surgir em margens de rios, lagos, praias, pântanos e em regiões próximas a fontes subterrâneas.

Na verdade, a areia movediça não é um tipo de solo especial. Ela se forma em locais onde os grãos de areia estão mais soltos, como nas dunas. Se esta área tiver rios subterrâneos ou receber muita água de chuva, os espaços vagos entre os grãos vão sendo preenchidos pelo líquido, criando uma mistura pastosa que é a popular areia movediça, chamada pelos geólogos de areia fluidificada.

As principais vítimas da areia movediça são os animais, que atolam as quatro patas e não têm como fugir. Mesmo assim, o perigo não é o bicho ser engolido, mas morrer de fome se não for resgatado.

Se alguém enfiar os pés na areia movediça e começar a afundar, o importante é não se movimentar — o movimento faz com que a areia se comporte como um líquido, e o indivíduo acaba afundando ainda mais. O melhor é tentar se apoiar em áreas próximas, onde há solo mais firme, para sair, ou permanecer imóvel para que o corpo consiga flutuar.

Como a densidade do corpo humano é menor do que a densidade da areia, ele flutua. Cada poço de areia movediça tem uma quantidade diferente de água e areia, com maior ou menor grau de facilidade para flutuar. O perigo existe se alguém resolver pular de cabeça dentro dela. Aí, com certeza, irá sufocar!