Recreio
Mapa-Múndi / Países

Quais são as maiores bibliotecas do mundo?

Conheça as três maiores bibliotecas do mundo – juntas, elas reúnem mais de 368 milhões de obras

Letícia Yazbek Publicado em 05/03/2020, às 12h00

Getty Images
Getty Images

A maior biblioteca do mundo é a Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos. Ela foi inaugurada em 1800, quando o então presidente norte-americano John Adams transferiu a sede do governo nacional da Filadélfia para Washington D.C..

Em 1814, durante a invasão do território pelos ingleses, o fogo destruiu o prédio e todo o acervo de 3 mil exemplares foi perdido. Então, o ex-presidente Thomas Jefferson vendeu seu próprio acervo de mais de 6 mil livros para o Congresso.

Localizada em três edifícios em Washington D.C., a biblioteca abriga mais de 164 milhões de itens, entre livros, manuscritos, jornais, revistas, mapas, vídeos e gravações de áudio, em 470 idiomas. Entre seus valiosos objetos está um exemplar da Bíblia de Gutenberg.

A Biblioteca do Congresso é também a instituição cultural mais antiga dos Estados Unidos, e é considerada a esfera do conhecimento mais completa do mundo.

Já a Biblioteca Britânica, localizada em Londres, na Inglaterra, é a segunda maior do mundo. Criada em 1753, ela fazia parte do Museu Britânico, mas ganhou sua sede própria em 1973.

Com um acervo de mais de 150 milhões de objetos, ela abriga diversos documentos raros, como o caderno de anotações de Leonardo da Vinci, a gravação do discurso experimental de Nelson Mandela e manucristos dos Beatles.

A terceira maior biblioteca do mundo é a Biblioteca e Arquivos do Canadá, localizada em Ottawa. Desde 1967, essa instituição é dedicada a preservar a identidade do povo canadense e do país. Com mais de 54 milhões de itens, ela abriga raridades como livros ilustrados que datam do século 18.