Recreio
Mapa-Múndi / Países

Como são os hábitos alimentares das pessoas ao redor do mundo?

De acordo com cada país, os hábitos de alimentação podem acabar mudando bastante. Conheça alguns!

Bruna Cardoso Publicado em 25/12/2021, às 09h00 - Atualizado em 29/03/2022, às 17h25

Imagem ilustrativa - Getty Images
Imagem ilustrativa - Getty Images

O modo como comemos e nos comportamos durante as refeições já são tão parte da nossa cultura que nós nem paramos para pensar nos hábitos dos outros países — e eles mudam bastante ao redor do planeta! Fique esperto para não ser mal-educado por aí!

Arábia Saudita

Na Arábia Saudita, as refeições são levadas muito a sério! Por lá, se você recebe um convite para jantar, é melhor ir com bastante fome, pois a mesa sempre tem várias opções, e recusar um prato é uma ofensa a aos anfitriões. Tem mais: arrotar após as refeições é um sinal de boa educação e respeito entre os saudistas (mostra que você ficou satisfeito com a refeição servida).

Bélgica

Diferentemente do que acontece no Brasil, a principal refeição na Bélgica é o jantar. Enquanto o almoço costuma ser apenas um lanche, à noite os belgas comem sopa e alimentos mais pesados. A batata frita está no prato quase todos os dias — junto com algum tipo de carne, molho e verdura refogada ou cozida. Depois da refeição principal e antes da sobremesa, algumas pessoas comem queijos típicos do país.

Tailândia

O horário da refeição é um momento de silêncio na Tailândia: enquanto degustam a comida, as pessoas dificilmente conversam. Costuma-se usar colher ou hashi (os palitinhos muito usados entre os japoneses). Alguns petiscos comuns por lá não agradam muitas pessoas de fora: larvas, abelhas e grilo frito!

Itália

Na Itália, a culinária leva muitos produtos frescos e azeite de oliva. Costumam ser cinco refeições ao dia: café da manhã, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde e jantar. À mesa, os italianos não dispensam dois hábitos: nunca pedem mais queijo (a não ser que alguém ofereça) — adicionar queijo pode dar a entender que a comida não está boa; e, para demonstrar que estava tudo uma delícia, palitam os dentes!

Rússia

As principais refeições na Rússia são café da manhã, almoço e jantar. Geralmente, o café da manhã é mais reforçado (café, chá, ovos, panquecas e sanduíches) e o almoço acontece por volta de 14 horas. Se um dia for para lá, lembre-se de não lamber os talheres depois de comer — mesmo se quiser aproveitar tudo até o fim! Esse gesto é considerado falta de educação. E sabia que os russos adoram chá? É mais comum ser convidado para tomar chá do que para uma refeição ou café.

Tanzânia

Você vive atrasado? Então, vá para a Tanzânia, onde chegar com antecedência a um jantar ou almoço é grosseiro — deve-se chegar entre 15 e 20 minutos depois do horário marcado. A comida do país é rica em produtos naturais, legumes e frutas, e costuma ser servida com ugali — alimento feito a partir de milho branco, mandioca e farinha.

Coreia do Sul

Arroz, tofu (tipo de queijo feito com soja), verduras, peixes e carnes formam a base da culinária na Coreia do Sul. Em sinal de respeito, as pessoas nunca iniciam aas refeições até que o idoso presente se ente e comece a comer. Se não há um idoso, a pessoa mais alta é quem inicia a refeição. Tudo acontece sem críticas à comida — os sul-coreanos sentem muito orgulho do que preparam! É uma demonstração de respeito comer toda a comida que estiver no prato e não pegar nada com as mãos.


Consultoria: Luiz F. de Freitas Tavares (bacharel e licenciado em História pela UERJ).