Recreio
Games / Games

Por que o Fortnite saiu da App Store e da Play Store?

Entenda o que aconteceu na mais nova disputa entre a Epic Games contra a Apple e o Google

Daniela Bazi Publicado em 14/08/2020, às 13h43 - Atualizado às 13h44

Imagem promocional de Fortnite - Divulgação/Epic Games
Imagem promocional de Fortnite - Divulgação/Epic Games

Após a decisão anunciada pela Epic Games ontem, 13, da nova forma de pagamento para compras de V-Bucks no Fortnite como uma forma de evitar as taxas cobradas pela Apple e pelo Google nas transações feitas por celular, as plataformas App Store e Play Store retiraram o game de suas lojas de aplicativos por violar as diretrizes de pagamento.

A remoção do game fez com que a desenvolvedora tomasse a decisão de processar ambas as empresas na Justiça da Califórnia. No processo conta a Apple, a Epic Games afirma “A Apple tornou-se o que antes reclamava: o gigante que busca controlar os mercados, bloquear a concorrência e sufocar a inovação”.

Os responsáveis pela enorme rede de tecnologia criada por Steve Jobs respondeu as acusações, dizendo que a retirada do game foi feita devido a “intenção clara de violar as diretrizes da App Store”.

Já na medida cautelar contra o Google, é dito que “O Google está usando seu tamanho para fazer mal aos concorrentes, inovadores, clientes e usuários em uma série de mercados que passou a monopolizar”. Em resposta, a empresa disse que "embora o Fortnite permaneça disponível no Android, não podemos mais deixá-lo na Play Store porque viola nossas políticas. Porém, estamos abertos à oportunidade de continuar nossas discussões com a Epic e trazer o Fortnite de volta à Play Store".

Todas as pessoas que já possuem o game em seus celulares, tendo o baixado por meio das lojas de aplicativo ainda poderão utiliza-lo normalmente, porém, o mesmo não receberá mais atualizações. A partir de agora, quem tiver o desejo de adquirir o jogo em seu smartphone deverá realizar o download através das plataformas exclusivas da Epic Games.