Recreio
Games / Games

Jogador de Fortnite Zenon é banido e gerou repercussão nas redes sociais

Após a viralização da hashtag #FreeZenon, a Epic Games se pronunciou sobre o ocorrido. Confira!

Redação Publicado em 05/05/2020, às 15h27 - Atualizado às 17h05

Jogador Zenon, da DETONA Gaming - Divulgação/Twitter @Of_Zenon
Jogador Zenon, da DETONA Gaming - Divulgação/Twitter @Of_Zenon

Na noite da última segunda-feira, 4, uma polêmica envolvendo o jogador de Fortnite Zenon, da DETONA Gaming, de apenas 9 anos, repercutiu entre os fãs de e-sports nas redes sociais. O garoto acabou sendo banido do game por 1.500 dias pela Epic Games durante uma partida no modo Arena devido a sua idade.

Nomes famosos acabaram se pronunciando sobre a ocasião em defesa do garoto, como o streamer americano Tyler “Ninja” e o youtuber brasileiro Felipe Neto. A hashtag #FreeZenon se tornou uma das mais comentadas do mundo no Twitter e o vídeo do menino chorando ao lado de seu pai viralizou em questão de minutos.

Segundo o esclarecimento feito pela empresa nessa terça-feira, 5, o garoto continuará banido de qualquer torneio de Fortnite até que atinja a idade elegível para competir.

“Infelizmente, por conta de uma limitação, o ban competitivo atualmente bloqueia a participação de jogadores tanto de torneios como do modo Arena. Percebemos que essa situação não é ideal e implementaremos uma atualização nos próximos meses, para que os jogadores que não forem elegíveis para participar de eventos competitivos possam continuar jogando o modo Arena. Agradecemos a paciência de todos”, comunicou a Epic Games.

A desenvolvedora também esclareceu que o número de dia do banimento corresponde ao tempo necessário para que Zenon complete 13 anos e possa competir, e que o jogador ainda pode jogar em modos não-competitivo do game.