Recreio
Games / Games

Como se faz um jogo?

Quando você pensa na profissão dos seus sonhos, logo imagina passar os dias inventando games? Confira o passo a passo da criação!

Letícia Yazbek Publicado em 09/12/2021, às 17h51 - Atualizado às 17h55

Criança jogando videogame - Pixabay
Criança jogando videogame - Pixabay

Ideias iniciais

O primeiro passo para criar um game está em desenvolver a ideia do jogo. É preciso escolher o gênero (RPG, por exemplo), para qual plataforma será lançado e pensar no objetivo – qual história o jogo vai contar, por exemplo. A equipe também decide estilos gráficos, animações e trilhas sonoras a serem usadas.

Muito estudo!

A escolha do tema é uma das decisões mais importantes. Um game pode ser de fantasia, medieval, futurista, atual, entre vários outros assuntos. Com isso acertado, é hora de estudar bastante o tema – pode ser por meio de outros games, filmes e livros. Assim, o criador pode ter certeza de que está desenvolvendo algo que nunca foi feito antes. A próxima etapa é a criação da história, dos cenários e dos detalhes dos personagens.

Dose certa de desafios

Em qualquer tipo de game, o jogador deve ter um motivo para progredir. Por isso existem opções de jogo e incentivos. As regras internas e os níveis devem fazer sentido – o game não pode ser impossível de ser concluído. Desafios devem existir e manter a vontade de jogar.

Bem organizado

Um roteiro é criado, indicando toda a ação do game e as falas de cada personagem. Com isso pronto, a equipe passa a história para um storyboard (tipo de lousa com desenhos colocados em sequência, mostrando as cenas do game) – isso será essencial na montagem do jogo!

Em busca de financiamento

Com a ideia pronta, é hora de ir atrás de empresas dispostas a investir no projeto. Para vender a ideia, alguns estúdios preparam protótipos ou versões mais simples do game. Com o dinheiro em mãos, é feito um cronograma para as próximas etapas.

Lá vêm eles!

À mão, todos os personagens e cenários são desenhados. Em alguns casos, são feitas esculturas, que ajudam a visualizar como será cada personagem. Depois, um artista passa os desenhos para o computador. Dependendo do tipo do game, pode ser usada modelagem em 2D ou 3D. Nessa etapa, surgem as sombras, texturas e movimentos

Mão na massa

Aqui começa a fase de produção, principal estágio de desenvolvimento do game. Os programadores escrevem os códigos que darão os movimentos e mecânicas do jogo. Eles conhecem diversas linguagens, como Java. Os profissionais chamados de level designers projetam as fases do jogo, o game é criado e testado!

Sons incríveis

São escolhidos os efeitos sonoros, as músicas de fundo, temas para os personagens e ruídos. Também é feita a dublagem. Toda essa etapa é supervisionada pelo engenheiro de som, especialista no assunto. Depois de prontos, os recursos sonoros são incorporados ao software do jogo.

Últimas correções

O game está quase pronto! Uma versão semiacabada (alfa) é analisada por técnicos. Problemas são corrigidos e novas versões (beta) são encaminhadas a jogadores selecionados, que descobrem erros. Após mais correções, fica pronta a versão final para o público!