Recreio
Facebook RecreioTwitter RecreioInstagram Recreio
Escola / Comemoração

Dia Internacional da Mulher: Uma breve história sobre a origem da data

Conheça livros incríveis de mulheres inspiradoras

Thaís Mariano Publicado em 08/03/2020, às 12h27 - Atualizado às 14h00

Imagem ilustrativa de mulheres em uma festa - Pixabay
Imagem ilustrativa de mulheres em uma festa - Pixabay

Você já parou para se perguntar como surgiu o Dia Internacional da Mulher? A data é um dia simbólico que nos lembra e nos conscientiza sobre toooda a luta vivida pelas mulheres ao longo da História, e que continua firme e forte até os dias de hoje. 

Não é segredo que as mulheres têm se unido cada vez mais em busca dos seus direitos e do seu espaço, né? No entanto, engana-se quem acredita que o feminismo, movimento liderado por mulheres, existe há pouco tempo. Há séculos, a luta contra o preconceito nasceu graças à insatisfação com o papel secundário que era desempenhado pela mulher na sociedade e, a partir de então, diversas conquistas foram alcançadas nas mais variadas áreas — incluindo desde o direito de votar e de trabalhar, até o direito de poder vestir o que quiser e de não ser julgada por ideais machistas. 

Sim, todas as batalhas enfrentadas pelas mulheres são extremamente importantes para os dias de hoje, onde o empoderamento feminino é um assunto super discutido e valorizado. Mas para entender como chegamos até aqui, vamos voltar um pouco no tempo…

Como o dia 8 de março foi instituído o Dia Internacional da Mulher?

Não podemos falar sobre a data sem ressaltar a importância de protestos feministas que existem desde o século 19. O primeiro Dia Nacional da Mulher foi criado em maio de 1908 nos EUA, quando cerca de 1500 mulheres se uniram para manifestar a favor da igualdade econômica e política no país. No ano seguinte, a data foi oficializada no dia 28 de fevereiro, em um protesto com mais de 3 mil pessoas em Nova York.

Em 1910, mais de 100 mulheres marcaram presença na Conferência Internacional de Mulheres Trabalhistas em Copenhague, na Dinamarca, representando 17 países diferentes. O Dia Internacional da Mulher foi sugerido por Clara Zetkin, líder do Gabinete das Mulheres da Alemanha, e aprovado com unanimidade. 

Depois de aprovada, a data passou a ser comemorada no dia 19 de março em alguns países. No entanto, menos de uma semana depois, 123 operárias mulheres e 23 homens morreram em um incêndio em uma fábrica têxtil de Nova York, graças às péssimas condições de trabalho do local. Por causa do acontecido, que foi chamado de “Triangle Fire”, a legislação trabalhista nos EUA passou a ser o maior foco da luta das mulheres.

Em 1913, às vésperas da Primeira Guerra Mundial, o Dia Internacional da Mulher foi transferido para o dia 8 de março, data que permanece até os dias de hoje. Desde então, mulheres de todo o mundo aproveitam a data para realizar manifestações de greves à pedido de seus direitos, tendo como maior objetivo conscientizar as pessoas de sua luta.

E foi graças à esses movimentos que muitas conquistas foram alcançadas ao longo dos anos. Em 1977, a Organização das Nações Unidas (ONU) adotou a data e, em julho de 2010, foi instituída na organização a ONU Mulheres, entidade que luta pela igualdade de gênero e empoderamento feminino ao redor do mundo. Legal, né?

Se você se interessa pelo assunto e quer saber um pouco mais sobre a origem de movimentos feministas ou, até mesmo, sobre mulheres que se destacaram ao longo da História pelas suas conquistas, confira algumas dicas de livros:

1. Box - O segundo sexo: Edição Comemorativa 1949 - 2019 

Livros


2. Mulheres, raça e classe 

livros


3. O mito da beleza: Como as imagens de beleza são usadas contra as mulheres  

livros


4. O livro do feminismo

livros


5. Feminismo em comum: para todas, todes e todos

livros


6. Quem tem medo do feminismo negro?

livros


7. Mulheres que correm com os lobos

livros

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com a data da publicação desta postagem. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a Recreio pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.