Recreio
Escola / Saúde

Confira dicas de como prestar os primeiros socorros

Veja algumas técnicas e saiba como auxiliar pessoas em situações de emergência

Christiane Oliveira Publicado em 21/03/2020, às 10h00

Pixabay
Pixabay

Sabia que, com medidas simples, você consegue ajudar pessoas que estão em situação de emergência? Confira algumas dessas técnicas!

Desmaio pode ser sinal de parada cardíaca. Nesse caso, verifique os sinais vitais: cheque a respiração, se há movimento de membros ou tosse. Se nada disso existir, você pode fazer uma massagem cardíaca - depois de pedir ajuda e ligar para a emergência. O desmaiado deve estar em uma superfície dura, como o chão. Imagine uma linha entre os mamilos. De joelhos, coloque a parte de trás de uma das mãos no meio dessa linha e a outra mão por cima. Sinta o osso do tórax e jogue o peso do corpo. Faça 100 compressões por minuto.

Desmaios também podem ser causados por tombos, falta de ar ou queda de pressão arterial. Se acontecer perto de você, chame a pessoa em voz alta e a chocoalhe pelos ombros. Sem resposta? Cheque os sinais vitais e ligue para a emergência.

Se você ou alguém por perto se queimar com um panela ou água quente, não passe nenhum tipo de pomada nem pense em pasta de dente! Quando isso acontece, o melhor é baixar a temperatura do local. Portanto, coloque a parte queimada sob água corrente e peça ajuda para ir ao hospital - lá será feito um curativo. Se a queimadura for produtos químicos que não sejam líquidos (em pós, por exemplo), tire bem o excesso da substância e só depois ponha água.

Quando um amigo cair e se queixar de dor em algum membro, não mexa no local. É possível improvisar uma tala: use uma revista dobrada ao meio como apoio e amarre com um pano - o importante é deixar o membro bem apoiado, evitando movimentos. Em seguida, procure atendimento médico.

Qualquer ferimento causado por animais deve ser tratado da seguinte forma: lave bem o local com água e sabão para não infeccionar e vá ao médico. Se a mordida ou picada for de algum bicho venenoso, como cobra ou aranha, não vá atrás do animal. Mas tente se lembrar das características dele - isso ajudará o médico a identificar a espécie e saber qual é o melhor medicamento.

Já a manobra usada para ajudar uma pessoa engasgada é complicada e exige muita força. Se acontecer perto de você, não se assuste se a pessoa desmaiar - a falta de ar pode causar isso. Nesse caso, verifique os sinais vinais e, se preciso, faça a massagem cardíaca. Procure ajuda e ligue para a emergência.

Se o acidente provocar um corte, o melhor é pegar um pano limpo e pedir a quem se cortou que pressione o local, contendo o sangue. Não entre em contato com o sangue de outras pessoas se não estiver usando luvas. Em seguida, procure ajuda.