Recreio

'Tarsilinha': Animação inspirada em Tarsila do Amaral estreia na semana dos 100 anos da Semana da Arte Moderna de 1922

O filme é uma animação para toda a família, assinada pelos mesmos criadores de 'Peixonauta' e 'O Show da Luna'

Redação Publicado em 10/01/2022, às 15h09

Imagem promocional de Tarsilinha - Divulgação/H2O Films
Imagem promocional de Tarsilinha - Divulgação/H2O Films

Com trilha de Zezinho Mutarelli e Zeca Baleiro, a animação de Celia Catunda e Kiko Mistrorigo, inspirada na obra de Tarsila do Amaral, estreia nos cinemas em 10 de fevereiro. O lançamento do filme coincide com as comemorações de 100 anos da Semana de Arte Moderna de 1922.

Tarsilinha é uma garota de oito anos que embarca numa jornada fantástica para recuperar a memória de sua mãe. Para isso ela precisa encontrar objetos especiais que foram roubados da caixa de lembranças que pertence a ela. Em sua aventura, Tarsilinha terá que ter muita coragem para enfrentar seus medos e superar desafios para voltar para casa em segurança com todas as lembranças da caixa. 

Ao lado de seus amigos, vão mergulhar nas profundezas do Abaporu para recuperar as memórias de sua mãe e de muitas outras pessoas. A obra, que se tornou um símbolo do Movimento Antropofágico Brasileiro, representa a ideia de devorar as diferentes culturas para produzir algo novo, único e autêntico.  

Produzido pela Pinguim Content, o filme traz personagens de lendas brasileiras, com elementos das culturas nativas indígena, africana e dos colonizadores portugueses, tão presente na formação da identidade do país. Apesar de não ser um longa biográfico, a personagem Tarsilinha carrega a coragem da artista que ousou na linguagem visual e formas desconhecidas. 

Tarsila do Amaral é hoje um grande nome da pintura no cenário internacional e traz na sua obra elementos e temáticas populares em uma arte genuinamente brasileira.  Em 2019, a exposição Tarsila Popular reuniu 92 obras da pintora e superou o recorde de visitação do Masp: 400 mil pessoas em três meses de exposição.